A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
13 de Dezembro de 2017
Anuncie Aqui
8492
Regime fechado

Acusados pela morte de radialista são condenados a 16 e 19 anos de prisão

9 AGO 2017 - 16h37min
MPMS

O Tribunal do Júri da Comarca de Itaquiraí (MS) realizou, na terça-feira (08/08), o julgamento dos dois acusados de participação do assassinato do radialista Ailton Ferreira de Oliveira, 35 anos, conhecido como “Verdinho”, ocorrido em 05 de agosto de 2015.

O Conselho de Sentença, por maioria/unanimidade de votos declarados, reconheceu a materialidade e a autoria do delito, e condenou os réus Alison Roberto Carvalho Navier e Mauro Queiroz Cáceres ao crime de homicídio qualificado, com pena de 19 anos e três meses e 16 anos e seis meses, respectivamente, em regime fechado. O terceiro envolvido no crime, Paulo Sérgio Vieira, foi julgado em fevereiro deste ano e pegou a pena de 19 anos e três meses de reclusão.

A condenação dos réus foi mediante um trabalho em conjunto entre os Promotores de Justiça Pedro de Oliveira Magalhães e Paulo da Graça Riquelme de Macedo Júnior. De acordo com a denúncia, oferecida pelo Promotor Paulo da Graça Riquelme de Macedo Júnior, no dia 05 de agosto de 2015, por volta das 21h40 min, os denunciados Alison Roberto Carvalho Navier e Mauro Queiroz Cáceres, cientes da ilicitude e reprovabilidade de suas condutas, mediante promessa de recompensa no valor de R$ 15 mil, participaram do crime de homicídio praticado por Paulo Sérgio Vieira, contra a vítima Ailton Ferreira de Oliveira. A investigação concluiu que Paulo foi o autor dos cinco tiros que provocaram a morte do radialista.

Ainda de acordo com a denúncia, Alison Roberto Carvalho Navier agiu como intermediário e contratante do crime em relação aos acusados Mauro e Paulo Sérgio, uma vez que foi contratado por uma pessoa não identificada, para a execução do homicídio. Em áudios e mensagens arroladas no processo, Alison também foi o responsável pelo fornecimento da arma de fogo e da motocicleta utilizadas no crime. Já Mauro teria dado suporte para a fuga após o crime.

O Promotor de Justiça Pedro de Oliveira Magalhães produziu a acusação, apresentou as provas e pugnou pela condenação dos réus Alison Roberto Carvalho Navier e Mauro Queiroz Cáceres.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Confusão entre comerciante e mototaxistas acaba na Delegacia de Polícia Civil

2
Anastácio

Condutor de Uno perde controle da direção e bate em árvore às margens da BR-262

3
Anastácio

Vizinho 'passa dos limites' e arromba janela de moradora

4
Aquidauana

Adolescentes matam cachorro, agridem vítima com ‘pé de cabra’ e ameaçam com arma

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,11m
Miranda
7,09m
Paraguai
1,86m

Colunas e Blogs

Robinson L Araujo

TENDO UM SONO RESTAURADOR

Rosildo Barcellos

Pequenas reflexões sobre o Biodireito

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: HISTÓRIAS FEITAS DE GENTES E D...

Ver Mais Colunas
498110386