A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de dezembro de 2018
Anuncie Aqui
Policial

Auxiliar de serviços gerais tem moto incendiada de forma criminosa no Cristo Rei

Caso aconteceu ontem e dois suspeitos foram identificados

11 OUT 2018 - 08h15min
Da Redação

Um auxiliar de serviços gerais de 37 anos teve a moto destruída por incêndio criminoso na manhã de ontem, no Conjunto Cristo Rei, em Anastácio. Populares tentaram controlar as chamas por conta própria, mas foi preciso presença do Corpo de Bombeiros. Dois suspeitos foram identificados.

O homem relatou que estava dormindo em sua residência, localizada na Rua Projetada D, quando foi acordado por vizinhos relatando que seu veículo estava em chamas. A moto, que ficava estacionada na frente da casa, onde não há muros, foi levada até o meio-fio, para evitar que as chamas se alastrassem para outros locais.

Em seguida foram acionados os bombeiros e a Polícia Militar. Testemunhas disseram que viram dois homens fugindo do local no momento em que o fogo iniciou. Eles foram identificados e a vítima chegou a procurá-los em uma casa no mesmo bairro, mas não foram encontrados. O caso foi registrado como dano qualificado e será investiga pela Polícia Civil.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Diabética e cega, jovem quer ajuda para fazer consulta e conseguir transplante

2
Anastácio

Família que perdeu tudo em incêndio precisa de doações para recomeçar

3
Aquidauana

Alespana e Marinha preparam fuzileiros para o mercado de trabalho em Aquidauana

4
Anastácio

Casa pega fogo, chamas consomem todos os pertences e matam o cachorrinho de casal

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,52m
Miranda
5,26m
Aquidauana
2,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Manoel Afonso

MDB sobreviverá sem Puccinelli?

Alessandro Arruda

As leis e nossa incapacidade de produzi-las

Ver Mais Colunas