A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de novembro de 2018
Anuncie Aqui
8496
Policial

Delegado é morto com cinco tiros em frente de escola, forças policiais são mobilizadas para capturar assassino

Todas as viaturas possíveis estão na captura do assassino.

26 JUN 2013 - 06h01min
redação
O delegado aposentado e professor universitário Paulo Magalhães, 57 anos, foi morto com cinco tiros no cruzamento das ruas Alagoas e da Paz, no Jardim dos Estados em Campo Grande. Ele estava dentro do próprio carro, uma Land Rover, placas HSA-1702, e foi alvejado por um motociclista, segundo as primeiras informações policiais. O assassinato brutal do mobiliza várias viaturas e policiais em Campo Grande. 
 
Segundo o Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) todas as viaturas possíveis estão na captura do assassino. O assassinato ocorreu por volta das 17h30.
Polêmico, Paulo Magalhães nasceu no Rio de Janeiro e tinha um site combativo na internet por meio do blog Brasil Verdade. O site estava suspenso pela Justiça.
 
Ele ficou famoso por implantar a Rede Medusa na Polícia Civil e lutar pela integração das policiais no Estado. Magalhães se aposentou no início dos anos 2000 e era casado com a defensora pública aposentada Cláudia Maria Rodrigues de Brito.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Biz bate na traseira de caminhonete e mulher fica ferida no Centro de Anastácio

2
Aquidauana

Aquidauana, Anastácio e mais 51 cidades de MS com alerta de tempestade

3
Anastácio

Dedé diz que anda 15 Km por dia vendendo o espetinho mais famoso de Anastácio

4
Geral

Proprietária de loja na Capital é condenada por ofender cliente que desistiu de compra

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,59m
Miranda
6,13m
Aquidauana
3,76m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Mais...

Robinson L Araujo

O FIM ESTÁ PRÓXIMO! AS EVIDÊNCIAS COMPROVAM

Manoel Afonso

O eleitor quer reciprocidade dos eleitos

Ver Mais Colunas
498110495