A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
14 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Operação Patrón

Dono de principal shopping paraguaio na fronteira com Brasil tem prisão decretada na Lava Jato

Ele é suspeito de ter ocultado US$ 500 mil dólares para doleiro que teria movimentado milhões de reais para presos em outras fases da Lava Jato.

19 NOV 2019 - 14h54min
G1MS

O empresário ítalo-paraguaio Felipe Cogorno Álvares, proprietário do principal shopping paraguaio na fronteira com o Brasil, em Pedro Juan Caballero, teve prisão preventiva decretada nesta terça-feira (19), pela Justiça Federal do Rio de Janeiro, na operação Patrón, um desdobramento da operação Lava Jato.

A reportagem tentou contato com a defesa dos suspeitos, mas até a última atualização desta matéria não obteve retorno.

Segundo o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF), Cogorno, que também é representante da Câmara de Comércio do estado paraguaio de Amambay, é suspeito de ter ocultado US$ 500 mil para Dario Messer, considerado o doleiro dos doleiros e que teria movimentado milhões de reais para suspeitos presos em outras fases da Lava Jato. Messer está preso desde o fim de julho.

A operação Patrón foi deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira. Além de Álvares, foram expedidos também 16 mandados de prisão preventiva e 3 de prisão temporária, para suspeitos de terem auxiliado Messer em sua fuga.

Entre os que tiveram prisão preventiva decretada está, inclusive, o ex-presidente do Paraguai e atual senador vitalício do país, Horário Cartes. A suspeita é que ele tenha ajudado na fuga de Messer.

Além do empresário ítalo-paraguaio que atua na fronteira, a operação também teve alvos em Mato Grosso do Sul, a família Mota, de Ponta Porã. Foram expedidos mandados de prisão preventiva contra os empresários e produtores rurais: Antonio Joaquim da Mota e sua esposa Cecy Mendes Gonçalves da Mota, além do filho do casal, Antonio Joaquim Mendes Gonçaves da Mota, e do filho de Cecy, Orlando Mendes Gonçalves Stedile. Orlando foi preso no Rio de Janeiro, nesta manhã.

Segundo o apurado pelo MPF, Antonio Mota teria ocultado US$ 232 mil de Messer e repassava mensalmente a ele, durante o período em que esteve foragido, US$ 10 mil, para o pagamento de suas despesas e das de sua namorada/noiva, Myra Athayde, restando em julho deste ano ainda US$ 192,8 mil.

Além disso, a investigação da Polícia Federal indica que durante o período em que esteve foragido, o doleiro foi abrigado em um imóvel da família em Pedro Juan Caballero, entre maio e setembro de 2018. Foi encontrada, inclusive, uma foto dele com um boné de um açougue da família.

De acordo com o Ministério Público, levantamentos da PF indicam uma suspeita de envolvimento da família com outros crimes, como tráfico de drogas, contrabando de cigarros e lavagem de dinheiro.

Na manhã desta terça-feira, viaturas da PF estivam em um imóvel da família, na avenida Brasil, para cumprir mandados de prisão preventiva e temporária contra os suspeitos.

Os nomes dos suspeitos que estão fora do país foram encaminhados pela Justiça Federal para inclusão na lista de Difusão Vermelha da Interpol, a lista de procurados que é distribuída em aeroportos do mundo todo.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Nota de Falecimento: soldado da PMMS morre aos 26 anos

2
Anastácio

Família questiona exame de paciente com coronavírus e diz que idoso não ficou isolado

3
Coronavírus

Jovem de 26 anos com outras comorbidades é a terceira morte por coronavírus de Anastácio

4
Aquidauana

Caminhonete chega capotar em acidente com Fiat Uno na Vila Fragelli

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min18 max26

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.
min18 max26

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,37m
Miranda
2,09m
Paraguai
1,88m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"ANGÚSTIA PODE SER..."

Valdemir Gomes

Ao...

Rosildo Barcellos

História e tradição a céu aberto

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Telefones Úteis

Policia Militar - 7º BPM

João Lopes Assunção, s/nº Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2212/3241-
Informática

Center Informática

Rua Manoel Antônio Paes de Barros, 725 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3159 / Fax
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Padaria e Confeitaria Moderna

R. Manoel Antônio Paes de Barros, 528 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3100
Ver Mais