A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
20 de outubro de 2019
Anuncie Aqui
9028-->
Policial

Dono de supermercado comercializava charque vencido em MS

12 JUL 2019 - 08h07min
Da Redação

A Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo (Decon), em ação conjunta com a Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras), fiscais da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Iagro), autuou em flagrante, na manhã de quarta-feira (10), o proprietário de um supermercado localizado no município de Porto Murtinho, que comercializava charque fabricado com carne vencida.

A ação policial se deu após operação que intensificou as fiscalizações em supermercados que comercializam carnes, bem como em propriedades rurais de Porto Murtinho, onde havia suspeitas de realização de abates clandestinos. O homem de 50 anos, proprietário do supermercado, produzia charque sem registro de inspeção sanitária oficial, ou seja, ausência de SIM, SIE ou SIF.

Foi constatada também a utilização de carne vencida na fabricação do produto, ocasião em que foram apreendidas mais de meia tonelada de carne imprópria para o consumo.

Ainda durante a operação, os policiais civis, juntamente com os fiscais, realizaram diligências ao estabelecimento empresarial de propriedade de Adolfo Olmedo (49), onde foi constatado indícios da comercialização de carne bovina clandestina, em razão do tipo de corte. Uma equipe se deslocou até a propriedade rural do dono da conveniência, onde ficou constatada a existência de um abatedouro ilegal (clandestino). Na conveniência, foram apreendidos 771 quilos de carne imprópria para o consumo.

O proprietário não se encontrava no local, motivo pelo qual não foi autuado em flagrante, contudo, o mesmo deverá responder a inquérito policial, assim como o proprietário do supermercado foi autuado pela prática do crime previsto no artigo 7º, inciso IX, da Lei nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990 (Constitui crime contra as relações de consumo: IX- vender, ter em depósito para vender ou expor à venda ou, de qualquer forma, entregar matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo).

O crime prevê pena de detenção que varia de 2 (dois) a 5 (cinco) anos ou multa, o que impossibilitou o arbitramento de fiança. As fiscalizações terão continuidade, bem como em outras cidades do Estado visando o combate ao abate clandestino de carne e o seu comércio ilegal.

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Briga entre irmãos termina com um deles ferido com golpe de facão em Aquidauana

2
Policial

Em Anastácio, ladrões invadem fazenda e furtam buldogue de estimação

3
Aquidauana

Sábado chega com previsão de chuvas e trovoadas isoladas em Aquidauana

4
Geral

Ivo de Souza, cantor e violeiro, morre em acidente de carro na BR-262

Vídeos

Bolivianos que levavam 15,9 quilos de cocaína em veículo são presos em Miranda

Eleição de Miranda

Empresário de 31 anos pesca Surubim de mais de 40 kg no Rio Miranda

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max34

Aquidauana

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max34

Anastácio

Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,33m
Miranda
1,64m
Paraguai
1,79m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Quando...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: SER PROFESSOR (2)

Raquel Anderson

Divisionismo!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Conveniência Pantaneta

Av. Pantaneta, 228 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4984
Transportes

NORTON TRANSPORTE ESCOLAR, FRETAMENTO E TURISMO

Rua Estevão Alves Corrêa, 1561 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 7444 / 991
Camping

Camping Três Marias

, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 9995-3725
Ver Mais
508110682