A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Janeiro de 2018
Anuncie Aqui
8502
Violência

Polícia Civil indicia dupla por série de pelo menos oito roubos em Campo Grande

Os dois envolvidos eram evadidos do Sistema Prisional de MS

28 JUN 2017 - 16h15min
Da Redação

Após investigação, a Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Roubos e Furtos (Derf) identificou a autoria de cerca de oito roubos praticados em Campo Grande, em menos de 45 dias.  Foram indiciados pelos crimes, Antonio Mota Junior, conhecido como Fuçado e Augusto César Carneiro, apelidado de Carneiro. 

De acordo com o delegado Reginaldo Salomão, Fuçado e Carneiro fugiram do Sistema Prisional em março deste ano, onde cumpriam pena no regime semi-aberto. Após a evasão, os dois resolveram praticar roubos pela cidade e juntos, em menos de 45 dias, cometeram oito roubos.


A maioria dos crimes foi feita em residências com a presença dos moradores, sendo que os autores, agiam com violência, fazendo com que as vítimas deitassem no chão, as mantendo presas num cômodo da casa. Ambos estavam armados, sendo que Fuçado portava um revólver argentino, calibre .22, de 10 tiros e Carneiro usava um facão de cortar cana, com lâmina de aproximadamente 1 metro.


A maior parte dos roubos aconteceu no Centro, Monte Castelo e Vilas Boas, tendo os autores roubado joias e eletrodomésticos. Segundo o delegado, as joias foram vendidas por preços irrisórios à receptadores ainda não identificados e os eletrodomésticos foram comercializados no site de compra OLX.  


O primeiro a ser preso foi Antonio Mota Junior, vulgo Fuçado, preso em flagrante numa ação conjunta da Derf com Serviço de Investigações Gerais (SIG) da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), já Carneiro foi preso no dia 26, às 17h30 e reagiu a prisão primeiro pulando muros e fugindo pelas ruas e residências do Bairro Nova Lima, depois entrando em luta corporal com os agentes querendo evitar seu algemamento.


Após a prisão de Fuçado, Carneiro ainda cometeu um nono roubo com novos comparsas e possui condenação até 2026. Ambos possuem passagens pela polícia, sendo que Fuçado foi preso em 2012, possui quatro prisões por furto, três por tráfico de drogas e uma por dano, tendo sido condenado a 5 anos e 1 mês de prisão. Já Carneiro possui registros anteriores a 2008, não consignados no sistema policial e depois desta data foi preso por porte ilegal de arma, violação de domicilio e furto qualificado. 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Comunicador de Aquidauana segue lutando pela vida

2
Aquidauana

Motorista de camionete não respeita preferencial e causa acidente no centro da cidade

3
Anastácio

Jovem é agredida por ex-marido no Cristo Rei

4
Aquidauana

Agostinho Nepomuceno será sepultado nesta manhã

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,18m
Miranda
7,00m
Paraguai
2,96m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: TEMPO DE ESPERA, TEMPO DE ESPERA...

Manoel Afonso

Tio comunista não apoiou sobrinho tucano

Valdemir Gomes

Busque...

Ver Mais Colunas
498110816