A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de junho de 2019
Anuncie Aqui
9086
Em Campo Grande

Em 2018, 1.156 foram flagrados após beber e dirigir; este ano já são 25

O número representa 151% a mais, se comparado com os dados de 2017, quando foram 461 embriagados

13 JAN 2019 - 12h07min
Campo Grande News

Nos 12 meses de 2018, 1156 motoristas foram flagrados no volante após ingestão de álcool, segundo dados do Batalhão de Trânsito de Campo Grande. O número representa 151% a mais, se comparado com os dados de 2017, quando foram 461 embriagados. Em 2019, já são 25 pessoas enquadradas nesta situação.
Para o comandante do Batalhão de Trânsito, tenente-coronel Franco Allan, o aumento acentuado do ano passado ocorreu justamente porque foi instituída uma equipe específica para atuar na Lei Seca.

“As equipes são equipadas com etilômetros exclusivos e com policiais militares que atuam somente nesta atividade de fiscalização”, esclareceu.

Ainda sobre os dados de 2018, os maiores índices de flagrantes foram nos meses de março, setembro e novembro - períodos, segundo o comandante, que ocorrem muitas formaturas, além de outras festas, especialmente no fim do ano.

Em março passado, foram 126, em setembro, 132 e novembro, 168. O número cai para 130 em dezembro. Nem todos os casos resultam em prisão, já que a Lei de Trânsito estabelece espécie de “divisão“, mas em qualquer caso que se configure a soma de direção e álcool, há pena.

Se o motorista apresentar índice de até 0,34 mg/l de álcool por litro de sangue, ele responde administrativamente, perde CNH (Carteira Nacional de Habilitação), leva multa de R$ 2.934,70 e perde sete pontos na carteira. Agora, se o índice for maior ao estabelecido, além destas medidas, o condutor é preso em flagrante.

O comandante também alerta para os riscos à vida, além do fato de ser crime. “Devemos, enquanto sociedade, respeitar as regras de trânsito, pois neste ambiente somos vítimas de nós mesmos. O custo de uma passagem de táxi ou do transporte alternativo é insignificante perto das sanções impostas pela lei ao condutor surpreendido dirigindo embriagado ou que se envolveu em um acidente nestas condições”.

Somando 2017 e 2018, foram 1642 casos notificados, dos quais, 709 se recusaram a fazer o teste do bafômetro. Além da intensificação das blitze, a intenção do Batalhão de Trânsito, em 2019, é procurar as universidades, assim que as aulas forem retomadas, para realização de palestras sobre a Lei Seca, justamente por ser acadêmicos boa parte dos flagrados dirigindo após ingestão de bebidas com álcool.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Advogada é suspeita de ligação com sumiço de cocaína em delegacia

2
Anastácio

Bombeiros encontram corpo de jovem de 25 anos que se afogou no rio Aquidauana

3
Aquidauana

Grupo faz campanha para localizar família de travesti de Aquidauana que morreu na Capital

4
Charges

Luto

Vídeos

Motorista que causou acidente admitiu ter bebido cerveja e não tinha CNH

PRF promove campanha de combate a violência sexual infantil

Portal Atacado • Anastácio MS | Especial Dia das Mães

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min17 max30

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min17 max30

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,69m
Miranda
3,48m
Paraguai
5,59m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Tudo...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: MOROS

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5° ENCONTRO RELÍQUIAS DE AQUIDAUANA (7 a 9 DE JUNHO ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Municipais

Escola Municipal Pólo Pantaneira

Fazenda Taboco, Fazenda Taboco - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Transportes

NORTON TRANSPORTE ESCOLAR, FRETAMENTO E TURISMO

Rua Estevão Alves Corrêa, 1561 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 7444 / 991
Pesqueiros

Pousada Cachoeira do Campo

Acesso a Camisão por terra, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3383-2972
Ver Mais
508110650