A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de março de 2019
Anuncie Aqui
8502
Em Campo Grande

Em 2018, 1.156 foram flagrados após beber e dirigir; este ano já são 25

O número representa 151% a mais, se comparado com os dados de 2017, quando foram 461 embriagados

13 JAN 2019 - 12h07min
Campo Grande News

Nos 12 meses de 2018, 1156 motoristas foram flagrados no volante após ingestão de álcool, segundo dados do Batalhão de Trânsito de Campo Grande. O número representa 151% a mais, se comparado com os dados de 2017, quando foram 461 embriagados. Em 2019, já são 25 pessoas enquadradas nesta situação.
Para o comandante do Batalhão de Trânsito, tenente-coronel Franco Allan, o aumento acentuado do ano passado ocorreu justamente porque foi instituída uma equipe específica para atuar na Lei Seca.

“As equipes são equipadas com etilômetros exclusivos e com policiais militares que atuam somente nesta atividade de fiscalização”, esclareceu.

Ainda sobre os dados de 2018, os maiores índices de flagrantes foram nos meses de março, setembro e novembro - períodos, segundo o comandante, que ocorrem muitas formaturas, além de outras festas, especialmente no fim do ano.

Em março passado, foram 126, em setembro, 132 e novembro, 168. O número cai para 130 em dezembro. Nem todos os casos resultam em prisão, já que a Lei de Trânsito estabelece espécie de “divisão“, mas em qualquer caso que se configure a soma de direção e álcool, há pena.

Se o motorista apresentar índice de até 0,34 mg/l de álcool por litro de sangue, ele responde administrativamente, perde CNH (Carteira Nacional de Habilitação), leva multa de R$ 2.934,70 e perde sete pontos na carteira. Agora, se o índice for maior ao estabelecido, além destas medidas, o condutor é preso em flagrante.

O comandante também alerta para os riscos à vida, além do fato de ser crime. “Devemos, enquanto sociedade, respeitar as regras de trânsito, pois neste ambiente somos vítimas de nós mesmos. O custo de uma passagem de táxi ou do transporte alternativo é insignificante perto das sanções impostas pela lei ao condutor surpreendido dirigindo embriagado ou que se envolveu em um acidente nestas condições”.

Somando 2017 e 2018, foram 1642 casos notificados, dos quais, 709 se recusaram a fazer o teste do bafômetro. Além da intensificação das blitze, a intenção do Batalhão de Trânsito, em 2019, é procurar as universidades, assim que as aulas forem retomadas, para realização de palestras sobre a Lei Seca, justamente por ser acadêmicos boa parte dos flagrados dirigindo após ingestão de bebidas com álcool.

 (67) 99984.6000

Veja também

Mais Lidas

1
Bodoquena

Mulher é agredida e ameaçada com faca pelo próprio filho em Bodoquena

2
Níveis dos Rios

Após fortes chuvas, Rio Aquidauana atinge quase 7 metros

3
Casa do Trabalhador

Casa do Trabalhador encerra a semana com 5 vagas para Aquidauana e região

4
Aquidauana

Prefeitos de Aquidauana e região intercedem junto ao Estado pelo Hospital Regional

Vídeos

CCE Centro Cristão de Ensino leva conhecimento e valores a crianças e adolescentes para a vida toda

Em capotamento, airbag salva motorista da morte em Aquidauana

Incorporação dos Alunos do Núcleo de preparaçao de Oficiais da Reserva (NPOR)

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min18 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
3,65m
Miranda
5,48m
Aquidauana
4,23m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nada...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE (NÃO) ADMIRAR: O HORROR

Paulo Corrêa de Oliveira

MISTÉRIOS DA PONTE VELHA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Informática

Center Informática

Rua Manoel Antônio Paes de Barros, 725 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3159 / Fax
Lojas de Souvenirs

CASA DO ARTESÃO

Praça dos Estudantes, s/n Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 96012585 (Louri
Restaurantes

Churrascaria e lanchonete Laçador II

Pedroso Alagues, s/n BR 262 - 79210-000 Anastácio/MS (67) 3245 0300
Ver Mais
508110703