A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de Setembro de 2017
Anuncie Aqui
8470
Policial

Em menos de uma hora, bandido furta joias avaliadas em R$ 30 mil em Anastácio

22 AGO 2016 - 15h22min
Da Redação
Uma vendedora de joias teve prejuízo de aproximadamente R$ 30 mil reais, depois que um ladrão invadiu sua residência e furtou mostruário de diversas joias como correntes, anéis, pulseiras e brincos. O furto ocorreu na noite de domingo, na Vila Humbelina, em Anastácio. Além das joias, também foram roubados relógios, mochila e um HD externo.

A vítima, uma mulher de 30 anos, disse que saiu de casa por volta das 19 horas, deixando a residência devidamente trancada, mas que logo em seguida, uma hora depois, retornou e encontrou o local arrombando. A janela blindex da sala havia sido rompida e havia marcas de pegada no muro lateral, sugerindo o local por onde o autor pode ter entrado.

Ao verificar o interior da residência, ela relatou que diversas joias de ouro avaliadas em R$ 30 mil haviam desaparecido com o mostruário. Também foram levados três relógios de pulso, um HD externo e uma mochila da marca HP. A Polícia Civil foi acionada e fez os trabalhos no local. Peritos papiloscópicos colheram impressões digitias pra auxiliar na identificação do autor.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Colisão na BR-262 deixa duas vítimas feridas

2
Saúde

Idosa morre de infarto e moradores acreditam que calor contribuiu

3
Agronegócio

Camionete bateu em árvore após motorista evitar colisão com carro na BR-262

4
Aquidauana

Capivaras invadem pista e motociclista fica ferido

Vídeos

Acidente na BR 262 próximo ao trevo de Dois Irmãos do Buriti

Entrevista Comandante Tito Lívio - Aeroclube de Aquidauana MS

Semana Nacional de trânsito inicia em Anastácio com blitz educativa

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,38m
Miranda
2,10m
Paraguai
3,39m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Reflexos da Reforma Trabalhista no Meio Rural

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DEPOIS.....

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: E AGORA, ARNALDO?

Ver Mais Colunas
498110615