A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de setembro de 2018
Anuncie Aqui
8500
Policial

Empresa terá que pagar R$ 150 mil por incêndio em 30 hectares de matas ciliares

Empresa não se preveniu contra incêndios.

5 SET 2013 - 17h47min
redação
Uma empresa sulco energética foi autuada em R$ 150 mil por causar um incêndio em área de preservação permanente - APP. O incêndio ocorreu no dia 1° de setembro e destruiu 30 hectares de área de matas ciliares de um córrego na fazenda, margeando uma estrada, pertencente à empresa.
 
Policiais Militares Ambientais de Bataguassu detectaram na propriedade, total descaso com a prevenção de incêndios, principalmente a falta de aceiros (que é o desbaste de um terreno em volta de propriedades, matas e coivaras, para impedir propagação de incêndios), que contribuiu para o início e propagação do incêndio. 
 
Os policiais efetuaram um auto de infração administrativo e multaram a empresa, na data de ontem (4), em R$ 150.000,00. Os responsáveis também responderão por crime ambiental. A pena para a destruição de área de preservação permanente é de um a três anos de detenção.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Nota de Falecimento

‘Zé Ribeiro’, pecuarista e ex-vereador de Aquidauana, falece em São Paulo

2
Aquidauana

Rio Aquidauana começa a subir, mas Defesa Civil diz que não há risco de enchente

3
Casa do Trabalhador

Confira as vagas de emprego da casa do trabalhador

4
Nota de Falecimento

Nota de Falecimento de Valdecir Souza Pedro

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
3,40m
Miranda
2,74m
Aquidauana
5,64m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Fico...

Robinson L Araujo

A RESTAURAÇÃO PELA FÉ EM DEUS, PELO FILHO

Raquel Anderson

Seo Cavalheiro!

Ver Mais Colunas
498110683