A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de Setembro de 2017
Anuncie Aqui
8470
Policial

Fogos de artifício podem ter gerado boato de tiroteio, diz PM

Festa Junina realizada no bairro da Serraria teria gerado confusão de presença de arma de fogo na região

30 JUN 2017 - 10h41min
Redação

O barulho de fogos de artifício de uma Festa Junina realizada no bairro da Serraria, em Aquidauana, pode ter causado o boato de tiroteio na noite desta quinta-feira (29). O assunto foi comentado nas redes sociais. A Polícia Militar emitiu uma nota de esclarecimento sobre o caso, que teria sido registrado na rua Carlos Camisão. 

“O 7º Batalhão PM informa que o fato veiculado nas redes sociais sobre supostos ‘disparos de arma de fogo’ no bairro da Serraria, em Aquidauana, não foram comprovados”, diz a nota divulgada pela polícia. 

“Nenhuma pessoa foi vista pela Guarnição de serviço, ou por qualquer outra pessoa, de posse de arma de fogo ou atentando contra a vida de outro”, ressalta a PM. 

Sobre a festa junina que era realizada no bairro, a PM reforça que “alguns moradores ouviram ‘fogos de artificio’, comuns nesta época do ano”. “Qualquer testemunha ou vítima de flagrante cometimento de crime deve procurar os órgãos de segurança para o registro de ocorrência”, finaliza a nota da PM. 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

AGORA: colisão na BR-262 deixa duas vítimas feridas

2
Turismo

Primeira chef de cozinha indígena do país é de Aquidauana

3
Policial

Mineiro filmado maltratando sucuri em MS é multado e pousada é fechada

4
Saúde

Idosa morre de infarto e moradores acreditam que calor contribuiu

Vídeos

Acidente na BR 262 próximo ao trevo de Dois Irmãos do Buriti

Entrevista Comandante Tito Lívio - Aeroclube de Aquidauana MS

Semana Nacional de trânsito inicia em Anastácio com blitz educativa

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,38m
Miranda
2,10m
Paraguai
3,39m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DEPOIS.....

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: E AGORA, ARNALDO?

Valdemir Gomes

Adeus...

Ver Mais Colunas
498110558