A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de Outubro de 2017
Anuncie Aqui
8502
Policial

Foragido é preso com 100 kg de agrotóxico e CNH falsa na BR-163

8 OUT 2017 - 13h00min
DValentim

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu 100 kg agrotóxicos, roupas contrabandeadas e CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsa em posse de um foragido de 41 anos, neste sábado (7), na BR-163, em Rio Brilhante, a 158 km de Campo Grande.

Os policiais rodoviários federais abordaram o veículo VW/Santana, com placas de GO, conduzido pelo homem que apresentou CNH sem registro válido. Foi constatada a inautenticidade do documento e que o motorista tinha em seu desfavor um mandado de prisão expedido pela Justiça de São Paulo.

O veículo estava carregado com vestuários importados do Paraguai, sem documentação legal, que ocultavam grande quantidade de substância não rotulada, que o motorista alegou ser agrotóxicos contrabandeados. 

Ao todo 100 (cem) pacotes de agrotóxicos (100kg) foram apreendidos pela PRF.  O motorista foi preso e encaminhado à Polícia Federal em Dourados, onde foram apresentados também o veículo, os agrotóxicos, os vestuários e o documento falso.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Briga de casal termina com dois esfaqueados no Nova Aquidauana

2
Aquidauana

Maratonista que morreu após queda pode ter sofrido crise epilética

3
Geral

Acidente frontal mata 3 na MS-157 e pode ter ocorrido durante ultrapassagem

4
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece duas vagas de emprego nesta segunda-feira

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,87m
Miranda
2,28m
Paraguai
2,41m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Aquidauana: "meio" ambiente ou um ambiente inteiro?

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Professor: Faça Voar o Cisne Que Há em Você!

Rosildo Barcellos

A Abjeção do Opróbrio

Ver Mais Colunas
498110668