A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de julho de 2019
Anuncie Aqui
8820-->
Policial

Governo faz nova proposta e cabos e soldados decidem hoje se mantém aquartelamento

Devido ao movimento, a Assembleia Legislativa retirou de pauta as tabelas de reajuste da Polícia Civil e dos cabos e soldados da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares

22 MAI 2013 - 07h15min
redação
O Governo do Estado fez nova proposta aos cabos e soldados da Polícia Militar. Para informar o conteúdo do novo acordo e colocar em votação, a ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) faz nova assembleia extraordinária na Fetems (Federação dos Profissionais em Educação de Mato Grosso do Sul) no início da tarde desta terça-feira, às 9h.
 
Ontem, os policiais iniciaram oficialmente o aquartelamento. Cabos e soldados que assumiriam serviço na manhã da terça-feira (21) foram para o Comando Geral da PM e, de lá, partiram rumo a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, onde conseguiram barrar a votação do projeto do Executivo com os novos vencimentos da corporação.
 
Devido à movimentação e aos protestos dos policiais, os oficiais tiveram que assumir as viaturas para manterem o serviço de rondas ostensivas em Campo Grande. Em Aquidauana, os policiais militares não se deslocaram às ruas para patrulhamento preventivo. Mais de 100 PMs permaneceram aquartelados no 7º BPM. A informação da ACS é de que 90% das cidades do estado aderiram ao movimento.
 
Sem revelar a identidade, policiais afirmam que o movimento está forte e que há tensão. Segundo eles, alguns praças tiveram ordem de prisão decretada. O presidente da ACS, Edmar Soares da Silva, afirmou que, caso algum praça da Policia Militar sofra represálias por parte de algum oficial durante o regime de aquartelamento, ?todo o interior será convocado para aquartelar na Capital?. 
 
?Todo o corpo jurídico da entidade está a disposição dos militares, sócios e não-sócios. Se algum praça for preso ou sofrer alguma represália por aderir ao aquartelamento, todo o interior será convocado para aquartelar na Capital?, garantiu, durante conversa com militares na Assembleia Legislativa.
 
A Assembleia Legislativa retirou de pauta as tabelas de reajuste da Polícia Civil e dos cabos e soldados da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares. Não há prazo definido para o projeto voltar à votação.
 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Morte de ex-vereador e esposa envolveu autores de Aquidauana e Anastácio

2
Policial

Dupla passa 11 horas comendo e bebendo em conveniência e vai embora sem pagar a conta

3
Geral

Bebê cai de cama, demora a ser socorrido e morre em unidade de saúde

4
Policial

Homem estuprava menina e a obrigava a enviar fotos

Vídeos

Ministro do Turismo lança em Bonito programa para geração de empregos e renda no MS

Com atrações tradicionais e elenco de programa de TV, circo é atração para família

Bombeiros resgatam gatinhos presos no motor de veículo

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min19 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min19 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,75m
Miranda
2,73m
Paraguai
3,91m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Para...

Fausto Matogrosso

O Brasil diante do mundo

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: EDUCAÇÃO, QUEM PRECISA?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Jose Luiz Quelho - Ginecologista

Rua Pandiá Calógeras, 364 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3904
Telefones Úteis

IDATERRA

Rua Nelson Felicio dos Santos, 205 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3262
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Cacimba Sorveteria

R. Manoel Antônio Paes de Barros, 616 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6272
Ver Mais
508110622