A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de fevereiro de 2019
Anuncie Aqui
8508
Policial

Governo faz nova proposta e cabos e soldados decidem hoje se mantém aquartelamento

Devido ao movimento, a Assembleia Legislativa retirou de pauta as tabelas de reajuste da Polícia Civil e dos cabos e soldados da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares

22 MAI 2013 - 07h15min
redação
O Governo do Estado fez nova proposta aos cabos e soldados da Polícia Militar. Para informar o conteúdo do novo acordo e colocar em votação, a ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) faz nova assembleia extraordinária na Fetems (Federação dos Profissionais em Educação de Mato Grosso do Sul) no início da tarde desta terça-feira, às 9h.
 
Ontem, os policiais iniciaram oficialmente o aquartelamento. Cabos e soldados que assumiriam serviço na manhã da terça-feira (21) foram para o Comando Geral da PM e, de lá, partiram rumo a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, onde conseguiram barrar a votação do projeto do Executivo com os novos vencimentos da corporação.
 
Devido à movimentação e aos protestos dos policiais, os oficiais tiveram que assumir as viaturas para manterem o serviço de rondas ostensivas em Campo Grande. Em Aquidauana, os policiais militares não se deslocaram às ruas para patrulhamento preventivo. Mais de 100 PMs permaneceram aquartelados no 7º BPM. A informação da ACS é de que 90% das cidades do estado aderiram ao movimento.
 
Sem revelar a identidade, policiais afirmam que o movimento está forte e que há tensão. Segundo eles, alguns praças tiveram ordem de prisão decretada. O presidente da ACS, Edmar Soares da Silva, afirmou que, caso algum praça da Policia Militar sofra represálias por parte de algum oficial durante o regime de aquartelamento, ?todo o interior será convocado para aquartelar na Capital?. 
 
?Todo o corpo jurídico da entidade está a disposição dos militares, sócios e não-sócios. Se algum praça for preso ou sofrer alguma represália por aderir ao aquartelamento, todo o interior será convocado para aquartelar na Capital?, garantiu, durante conversa com militares na Assembleia Legislativa.
 
A Assembleia Legislativa retirou de pauta as tabelas de reajuste da Polícia Civil e dos cabos e soldados da Polícia Militar e dos Bombeiros Militares. Não há prazo definido para o projeto voltar à votação.
 
 (67) 99984.6000

Veja também

Mais Lidas

1
Geral

Universitária é encontrada morta no portão da casa em Chapadão do Sul

2
Aquidauana

Homem tenta matar a tiros o próprio padrasto no Distrito de Cipolândia

3
Policial

Homem descumpre ordem judicial e mata ex-mulher na frente dos filhos

4
Aquidauana

Chiquinho Agropet doa 6 filhotes em Aquidauana; saiba como conseguir

Vídeos

1º Leilão Direito de Viver

Ciclista sofre fratura após ser atropelado por caminhão

Despedida do Pe. Thiago Machado

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max32

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min23 max32

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,19m
Miranda
4,10m
Aquidauana
3,00m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Estou...

Robinson L Araujo

QUANDO A FAMÍLIA FAZ DO PERDÃO UMA PONTE DE RESTAURA...

Raquel Anderson

Morrer na lama!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pesqueiros

Pesqueiro Panamá - Estrada da Margem Esquerda

, - Aquidauana/MS (67) 3686 1037
Advocacia

Mário Nelson Lima Paiva

XV de Agosto, 1639 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2571 / Res
Escolas de Línguas

Escola Inglês e Espanhol - PBF

Rua 15 de Agosto, 114 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4633
Ver Mais
508110794