A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
20 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8459
Tristeza

Latrocínio é a possível causa da morte de empresário de Aquidauana

Ronaldo era muito conhecido na cidade de Aquidauana e Anastácio pela sua simpatia

19 JUN 2017 - 08h09min
Rhobson

As cidades de Aquidauana e Anastácio amanheceram perplexas com a notícia do assassinato brutal do empresário Ronaldo Batista, proprietário do estabelecimento comercial Restaurante Estação Pantaneira. Seu corpo foi encontrado pela Polícia dentro da piscina de sua residência em Anastácio, por volta das 3:00 da madrugada desta segunda-feira, 19/06.

A principal hipótese dos investigadores é que o empresário foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte), já que foram levados o carro e um valor estimado em dinheiro em espécie.

Filho de fazendeiros de Anastácio, Ronaldo, de 38 anos, morou por vários anos na Europa antes de voltar para a região e abrir o seu próprio restaurante.

A Polícia Civil está em busca dos suspeitos. O carro do empresário ainda não foi localizado. Ainda não foram divulgados o local do velório e nem do sepultamento.

Casa onde Ronaldo morava e onde o crime aconteceu
Casa onde Ronaldo morava e onde o crime aconteceu / Luiz Guido
Casa onde Ronaldo morava e onde o crime aconteceu

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

PM prende ladrão de bicicleta no Centro de Aquidauana e recupera pertence

2
Aquidauana

"Briga de faca" termina com dois homens feridos no Bairro Alto, atrás da rodoviária

3
Aquidauana

Homem ameaça vizinha com faca por causa de som alto na Vila Eliane

4
Gente

Paratleta da Pestalozzi conquista autonomia e roda a cidade de triciclo

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,30m
Miranda
2,12m
Paraguai
4,24m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Valdemir Gomes

Tamanduá...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aquidauana...quais caminhos percorrerá?

Ver Mais Colunas
481710485