A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
07 de abril de 2020
Anuncie Aqui
-->
Policial

Mulher é presa acusada de explorar sexualmente dez mulheres em bar de Corumbá

Proprietária de estabelecimento disse à polícia que há dois anos realiza este tipo de ação

26 ABR 2013 - 10h50min
Correio do Estado
Ação de combate a exploração sexual realizada em Corumbá resultou na prisão em flagrante de G.F.L, de 39 anos, conhecida como 'Rose'. Ela é proprietária de um bar que funcionava como ponto de prostituição.
 
"No local encontramos cerca de 10 mulheres se prostituindo e vários clientes. O lugar era voltado para prostituição local, ou seja, não era voltado para turistas, pois ele tem uma característica própria, funcionava durante o dia. Nos fundos do bar havia um quarto com cama, era alugado pela ?Rose' por uma quantia, que além do aluguel, fornecia o preservativo. Por dia, eram feitos de 8 a 10 programas. Por esse motivo, de tirar proveito da exploração sexual dessas mulheres, é que ela foi detida e acabou confessando na Delegacia que há cerca de dois anos realiza este tipo de ação", explicou a delegada Priscila Anuda Quarti Vieira, titular da Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso (DAIJI).
 
Além da proprietária do bar, foram encaminhados à delegacia as dez mulheres que estavam se prostituindo, uma funcionária do local e mais três clientes. Um dos clientes foi autuado por portar droga para consumo pessoal, pois foi flagrado com três trouxinhas de maconha. "Todas essas pessoas foram ouvidas e apresentaram a mesma vertente, de que o local, era usado para a prática da prostituição e esse fator, reforçou nossos argumentos, provaram que as denúncias eram verídicas e a proprietária foi presa", comentou a delegada.
 
De acordo com o Código Penal Brasileiro, o rufianismo (cafetinagem) é considerado crime com pena de um a quatro anos de prisão, mais multa, e sua definição é dada como "tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente de seus lucros ou fazendo-se sustentar, no todo ou em parte, por quem a exerça". Em casos, onde há "emprego de violência ou grave ameaça", a pena pode variar de dois a oito anos de reclusão, além da multa.
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Homem é preso por estuprar menina de 11 anos, neta da esposa dele, em Aquidauana

2
Policial

Vídeo: Motorista de trator diz que tentou desviar da moto para evitar acidente fatal

3
Policial

Jovem vai separar briga da irmã com namorado e leva 'martelada' na cabeça

4
Coronavírus

Idosa de 66 anos morre e é segunda vítima do coronavírus em MS

Vídeos

Motorista de trator diz que tentou desviar da moto para evitar acidente fatal

PM grava vídeo na língua terena para orientar indígenas sobre prevenção ao coronavírus

Lideranças de Taunay fecham o acesso ao distrito para quem não é morador

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min22 max29

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min22 max29

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,40m
Miranda
2,35m
Paraguai
1,80m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Como...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"AVENTURAS DE MALAZARTES"

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: NADA SERÁ COMO ANTES (SERÁ?)

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escritórios Contabilidade

Caires Escritório de Contabilidade

Rua Estevão Alves Corrêa, 411 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1210 / Fax
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Panificadora Pantanal

R. Estevão Alves Corrêa, 1981 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3999
Advocacia

Mário Nelson Lima Paiva

XV de Agosto, 1639 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2571 / Res
Ver Mais