A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de Setembro de 2017
Anuncie Aqui
8470
Policial

Polícia apreende carreta com mais de 3 toneladas de maconha em carga de milho

Traficantes foram presos em flagrante; droga seria levada para São Paulo

6 JUL 2017 - 14h38min
Redação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 3 toneladas de maconha e prendeu duas pessoas por tráfico de drogas na manhã de ontem (5). 

De acordo com as informações divulgadas pela PRF, os agentes policiais deram ordem de parada ao veículo Scania com placas de Anápolis (GO) – atrelado ao semirreboque SR/Guerra Charger com placas de Alvinlândia (SP) – no km 7 da BR-463, em Dourados. A Scania era conduzida por um homem de 37 anos.

Foram localizados em meio a carga de milho vários fardos de maconha, que totalizaram 3.060 kg da droga. Foi apreendido também um carro Ford Fiesta com placas de Caraguatatuba (SP), que realizava serviço de batedor. O motorista de 36 anos foi preso.

O condutor do Ford Fiesta afirmou que estava acompanhando a carreta com a droga e receberia R$ 50.000 pelo serviço. O motorista da carreta declarou ter pego o veículo carregado com maconha e o levaria até São Paulo (SP).  Ele receberia R$ 10.000 pelo transporte.

Os veículos, a droga e os condutores foram encaminhados à Polícia Federal de Dourados.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

AGORA: colisão na BR-262 deixa duas vítimas feridas

2
Turismo

Primeira chef de cozinha indígena do país é de Aquidauana

3
Policial

Mineiro filmado maltratando sucuri em MS é multado e pousada é fechada

4
Saúde

Idosa morre de infarto e moradores acreditam que calor contribuiu

Vídeos

Acidente na BR 262 próximo ao trevo de Dois Irmãos do Buriti

Entrevista Comandante Tito Lívio - Aeroclube de Aquidauana MS

Semana Nacional de trânsito inicia em Anastácio com blitz educativa

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,38m
Miranda
2,10m
Paraguai
3,39m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DEPOIS.....

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: E AGORA, ARNALDO?

Valdemir Gomes

Adeus...

Ver Mais Colunas
498110558