A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de Outubro de 2017
Anuncie Aqui
8502
Crueldade

Polícia prende grupo que sequestrou e matou homem a pedradas em MS

Vítima teve o corpo amarrado em uma árvore

9 AGO 2017 - 16h19min
Da Redação

A Polícia Civil de Paranaíba, em uma ação conjunta com o Setor de Investigações Gerais (SIG) e a Polícia Militar de Aparecida do Taboado,  prendeu  em flagrante Henrique Lopes de  Lima, 19, Geovane Henrique Ferreira de Almeida, 18,  Ueder Ferreira Barbosa, 19,  e James Henrique Cícero de Oliveira, 40, pelos crimes de homicídio e sequestro. A vítima foi torturada e morta a pedradas por causa de dívida e rixa. O corpo foi encontrado amarrado em uma árvore no domingo passado.


O Caso


No sábado, por volta das 19 horas, a Policia Civil tomou conhecimento de um sequestro que havia ocorrido na cidade, mais precisamente no Bairro de Lourdes, onde quatro pessoas encapuzadas teriam pego Hedy Flabbyo Alcade, 36,  colocando-o dentro de um veículo Palio de cor branca, e desaparecido. 
Uma pessoa que estava próxima ao local conseguiu anotar a placa do veículo e passar para Polícia.

Agentes efetuaram diligências durante a madrugada do dia (06) com o objetivo de localizar Heddy ou informações sobre o seu paradeiro. Os investigadores conseguiram localizar Henrique, um dos autores que após ser questionado sobre suas atividades das últimas horas, não conseguiu explicar e acabou por revelar sua participação no sequestro.


Em seguida os investigadores do SIG identificaram o segundo autor e chegaram até Geovane. Ele e Henrique acabaram por confessar a participação no sequestro e homicídio. Os dois foram presos e conduzidos a Delegacia de Polícia. Por volta das 11 horas de domingo, o corpo de Eddy foi localizado em uma mata nas proximidades da cidade, ele havia sido morto com requintes de crueldade pelos quatro autores, estava amarrado, pendurado em uma árvore e foi morto a pauladas, pedradas e chutes.


O Policiais intensificaram as diligências identificando e passando a fazer buscas aos outros dois autores, Ueder e James. Os investigadores descobriram que eles poderiam ter fugido para a cidade vizinha de Aparecida do Taboado. Em uma força-tarefa, as autoridades conseguiram localizar e prender todos.
Segundo relatado pelos autores, o crime teria ocorrido por conta de uma dívida que Eddy tinha com James, e que este teria chamado Ueder que é seu enteado e que também já possuiu uma “rixa” com a vítima para ajudá-lo. Os quatro autores foram presos em flagrante e ficarão a disposição da Justiça.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece 11 vagas de emprego nesta terça-feira

2
Anastácio

Marido tenta estrangular e ameaça passar serrote no pescoço da mulher

3
Policial

Assentado mata cachorro a tiros porque animal atacava seus patos e galinhas

4
Geral

Gêmeos não idênticos se reencontram após mais de 50 anos de separação

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,87m
Miranda
2,28m
Paraguai
2,41m

Colunas e Blogs

Raquel Anderson

Oswaldão e o horário de Verão!

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Viajar só faz bem...

Pedro Puttini Mendes

Aquidauana: "meio" ambiente ou um ambiente inteiro?

Ver Mais Colunas
498110752