A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de Dezembro de 2017
Anuncie Aqui
8500
Policial

Polícia vai aguardar até sexta-feira para que sem-terra deixem fazenda

7 AGO 2007 - 10h48min
midia max news

A Polícia Civil e Polícia Militar aguardam até a próxima sexta-feira, dia 10, para que os sem-terra ligados à Fetagri (Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar) desocupem a Fazenda Jamaica, em Jardim, de propriedade da Associação das Famílias para Unificação e Paz Mundial, entidade presidida pelo reverendo sul-coreano Sun Myung Moon. A área foi invadida no dia 27 de julho.


Na manhã de hoje, o coronel Luiz Ubiratan Maria da Cruz, comandante da Polícia Militar de Jardim, e o delegado João Eduardo Santana Davanço, titular da Delegacia de Guia Lopes da Laguna, estiveram na fazenda para negociar a saída dos sem-terra.


Os acampados pediram prazo até sexta-feira para deixar a área. Segundo informações da Polícia Civil de Jardim, dois oficiais de Justiça também acompanharam a Polícia para entregar a ordem de desocupação da área e ler a decisão do do juiz Wilson Leite Corrêa, em substituição na 2ª Vara de Jardim, que concedeu a reintegração de posse, em caráter liminar.


Segundo a Polícia Militar, o prazo também é necessário para que, caso os sem-terra não deixem pacificamente a fazenda, seja requisitado reforço policial para fazer a retirada das famílias. Apesar da decisão judicial, os sem-terra prometeram resistir a desocupação.


Inicialmente, a área foi invadida por cerca de 150 famílias, sendo que hoje o número de invasores já dobrou. O advogado David Moura de Olindo, que defende a Associação, tentou um acordo pacífico com os sem-terra para desocupar a fazenda sem o uso de força policial. No entanto, o acordo foi negado pelos manifestantes.


Os funcionários da associação registraram boletim de ocorrência e acionaram a Polícia Civil para tomar providências para a desocupação. A Fazenda Jamaica tem cerca de 2,5 mil hectares e fica ao lado da Fazenda Jangada e da Fazenda Capão do Mutum, também pertencentes à Associação. Juntas as três propriedades possuem cerca de cinco mil hectares. Participam da ocupação sem-terra dos acampamentos de Nossa Senhora de Fátima, Morro Azul, São Jorge, União Jamaica e Paraíso Figueira.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

No 'adeus' ao ex-presidente da OAB, família e amigos demonstram revolta com homicídio

2
Aquidauana

Jovem sai para ir ao banco e desaparece em Aquidauana

3
Anastácio

Dentes de ex-presidente da OAB estariam quebrados; laudo da morte sai em 7 dias

4
Aquidauana

Família procura por adolescente de 14 anos sumida há 2 dias em Aquidauana

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,11m
Miranda
7,09m
Paraguai
1,86m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: ANTES QUE TERMINE O DIA...

Manoel Afonso

Odilon lidera, André o mais rejeitado

Robinson L Araujo

TENDO UM SONO RESTAURADOR

Ver Mais Colunas
498110506