A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de fevereiro de 2019
Anuncie Aqui
8508
Policial

Presos por pedofilia pagam fiança e são liberados 24 horas após prisão

Os presos foram flagrados com material (fotos e vídeos) contendo cenas de estupros de crianças e adolescentes durante buscas nos endereços alvos da força-tarefa

7 FEV 2019 - 14h06min
Campo Grande News

Os quatro presos em flagrante durante a Operação Inocência Violada, deflagrada pela PF (Polícia Federal) nesta quarta-feira (6), já estão nas ruas. Todos eles pagaram fiança e foram liberados.

Os presos foram flagrados com material (fotos e vídeos) contendo cenas de estupros de crianças e adolescentes durante buscas nos endereços alvos da força-tarefa.

A PF não informou qual o valor determinado pelos delegados envolvidos na ação para cada um dos suspeitos. Os investigados foram ouvidos ontem mesmo e saíram assim que depositaram o valor arbitrado.

Um dos presos é um militar aposentado da Marinha do Brasil, de 65 anos, que mora em Campo Grande. Também na Capital, foram presos um assistente serviços gerais, de 29 anos, um comerciante de 40 anos.

Já em Naviraí, um servidor público, de 49 anos, foi alvo da ação.

A operação - Segundo a Polícia Federal, a Inocência Violada tem objetivo de combater o armazenamento e compartilhamento de arquivos que contêm, segundo a PF, cenas de “sexo explícito” com crianças e adolescentes.

Equipes da PF foram às ruas cinco cidades de Mato Grosso do Sul em operação contra rede de distribuição de arquivos contendo pornografia envolvendo crianças e adolescentes. Equipes cumprem 11 mandados de busca e apreensão – 7 em Campo Grande, 1 em Chapadão do Sul, 1 em Jardim, 1 em Miranda e 1 em Naviraí.

A força-tarefa é resultado de apuração que começou em abril de 2018, a partir de monitoramento pela internet. Os investigadores identificaram pessoas que estariam acessando arquivos com as imagens de pornografia infantil.

A pena prevista no Código Penal para quem armazena este conteúdo é de 1 a 4 anos de reclusão. Compartilhar o material tem punição maior – de 3 a 6 anos de prisão. Já “produzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente” tem pena de 4 a 8 anos.

 (67) 99984.6000

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Dono de motel em Aquidauana é preso com fuzil e munições na Vila Paraíso

2
Aquidauana

Motociclista fica ferido ao perder controle e cair em Aquidauana

3
Anastácio

Conselheira tutelar e filho são presos por tráfico de drogas em Anastácio

4
Aquidauana

Jovem de 23 anos é preso com maconha perto de posto de saúde em Aquidauana

Vídeos

1º Leilão Direito de Viver

Ciclista sofre fratura após ser atropelado por caminhão

Despedida do Pe. Thiago Machado

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max29

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min23 max29

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,52m
Miranda
5,26m
Aquidauana
2,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Preciso...

Robinson L Araujo

QUANDO A FAMÍLIA FAZ DO PERDÃO UMA PONTE DE RESTAURA...

Raquel Anderson

Morrer na lama!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Advocacia

Luiz Eduardo de Arruda

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 1469 Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3294 / 324
Advocacia

André Lopes Béda

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 1469 Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3294 / 324
Automóveis

Centro Automotivo Globo

Rua Theodoro Rondon, 347 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4357
Ver Mais
508110825
SERIEMA FIXO