A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de Novembro de 2017
Anuncie Aqui
8504
Enfrentamento

PRF bate recorde histórico em apreensões de drogas no MS

Balanço Semestral da PRF aponta que apreensões de drogas triplicaram no período

4 JUL 2017 - 15h30min
Da Redação

Apreensões de drogas (maconha e cocaína) da Polícia Rodoviária Federal (PRF) triplicam e batem recorde no Mato Grosso do Sul. No primeiro semestre de 2017, o órgão já contabilizou a apreensão de 103,7 toneladas de drogas no Estado.  A PRF já apreendeu 432 toneladas de drogas em apenas quatro anos e meio no estado.

Os números da Superintendência Regional em Mato Grosso do Sul, no primeiro semestre de 2017, superam o triplo do número de drogas apreendidas no mesmo período de 2016, quando foram apreendidas 34,5 toneladas. Em 2016 a PRF já havia registrado o maior número de apreensões de drogas no MS: 119.946 Kg.


Entre os anos de 2013 e 2016 a PRF interceptou mais de 327 toneladas de drogas no Mato Grosso do Sul. De janeiro a junho de 2017 a PRF apreendeu o equivalente mais de 85% das drogas apreendidas em todo o ano anterior. As apreensões do semestre já superam 31% de toda droga apreendida nos últimos 4 anos.
No país, entre os anos de 2013 e 2016 os números de apreensões de drogas registrados pelo órgão foi de 671.441.638 Kg. No Mato Grosso do Sul os números de apreensões no mesmo período representa aproximadamente 48% deste total (432 toneladas).


Neste semestre a Polícia Rodoviária Federal realizou prisões de 276 pessoas por tráfico de drogas. No mesmo período do ano passado foram 195 prisões. A droga mais apreendida em 2017 no estado foi a maconha, que totalizou 102.446 Kg (cento e dois mil e quatrocentos e quarenta e seis quilos), contra 33.045 Kg (trinta e três mil e quarenta e cinco quilos) em 2016.


As apreensões de cocaína no primeiro semestre já totalizaram 1.245 Kg (um mil e duzentos e quarenta e cinco quilos), contra 1.430 Kg (um mil e quatrocentos e trinta quilos) apreendidos no mesmo período e 2.939 Kg (dois mil e novecentos e trinta e nove quilos) em todo ano anterior.


A Polícia Rodoviária Federal tem aumentado expressivamente seus resultados nos últimos anos, especialmente pela execução de projetos e planejamentos, contemplando áreas específicas, inclusive nas fiscalizações de crimes como o tráfico de drogas. Para tanto, utiliza o próprio efetivo em Grupos Especializados, aumento do número de Operações de combate ao crime, melhorias nos sistemas de informações e equipamentos. Todo investimento realizado, dentro do contexto de Segurança Pública, ainda contemplou capacitações de policiais. 

O aumento dos números representa maior eficiência do trabalho realizado pelos Policiais Rodoviários Federais, considerando que as apreensões ocorrem, em maior escala, durante fiscalizações do dia-a-dia, pelo trabalho dos policiais em serviço ordinário e rondas ostensivas, favorecendo maior alcance das fiscalizações, não somente nos limites da fronteira, mas em milhares de pontos de fiscalizações.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

'Gordinho da moto preta' que aterrorizava Aquidauana e Anastácio disse que 'roubava por prazer'

2
Policial

Homem procura Polícia Civil para 'denunciar' conversa de esposa com desconhecido no WhatsApp

3
Policial

Após investigação policial, mulher é presa por tráfico de drogas no Cristo Rei

4
Anastácio

Mãe e motorista, moradora de Anastácio conquista respeito do Brasil

Vídeos

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Fiações rompidas são recuperadas e motoristas ‘fora do padrão’ podem ser responsabilizados

Moradores de Anastácio flagram óleo descendo para Rio Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,45m
Miranda
6,08m
Paraguai
1,72m

Colunas e Blogs

Robinson L Araújo

DEPRESSÃO NÃO É FRESCURA.

Rosildo Barcellos

Andar por Andar !

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: AFINAL, PARA QUE SERVE UM PÓS-D...

Ver Mais Colunas
498110481