A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
18 de Agosto de 2017
Anuncie Aqui
8463
Caso Kauan

Suspeito de matar Kauan ganha liberdade provisória em processo por pornografia infantil

Homem de 38 anos ainda responde processo pela morte e desaparecimento da criança de 9 anos

25 JUL 2017 - 14h25min
Redação

Juiz de plantão Roberto Ferreira Filho, da 7ª Vara Criminal de Competência Especial de Campo Grande, concedeu liberdade provisória sem fiança ao homem de 38 anos em processo que apura crime de pornografia, conforme informações divulgadas pelo Portal Correiro do Estado.

Ele é suspeito de matar Kauan Andrade Soares dos Santos, de 9 anos. Na manhã de hoje, ele deixou a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), onde estava preso, porém, como ainda há investigação em curso a respeito do sumiço do garoto, não foi informado se ele foi transferido para outra unidade prisional, divulgou o site de Campo Grande.

Depois de morto, o rapaz e um adolescente de 14 anos que participou do crime, jogaram o corpo de Kauan no rio Anhanduí, em Campo Grande. Foi o adolescente, inclusive, quem detalhou a polícia como foi o crime.

Na noite do dia 25 de junho deste ano, o garoto foi levado pelo adolescente até a casa do homem, no Coophavilla. Lá, o suspeito começou a estuprar o garoto, mas como Kauan se debatia, ele pediu para o adolescente segurar as mãos da criança enquanto ele tapava a boca do menino com a mão. Minutos depois, Kauan parou de se debater e começou a sangrar pela boca.

De acordo com o despacho do magistrado, homem foi preso em flagrante por ter em sua casa registros pornográficos envolvendo crianças.

Conforme o juiz, delito em questão tem pena máxima de quatro anos, suspeito não tem registro de outras condenações, não resta dúvidas sobre a identidade civil do homem e ele não teve prisão preventiva decretada por outra situação.

Por todos estes pontos, magistrado concedeu a liberdade provisória, mediante obrigação de o homem comparecer a todos os atos do processo sempre que chamado, não se ausentar da comarca por mais de oito dias, não mudar de endereço sem prévia comunicação à Justiça e não se envolver em novos crimes, sob pena de imposição de medidas cautelares.  

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Disputa de mulheres por Biz termina com moto apreendida pela polícia

2
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece seis vagas de emprego

3
Gente

Morre o humorista Paulo Silvino, aos 78 anos, no Rio

4
Aquidauana

Mulher de 42 anos é atropelada por motocicleta no Ovídio Costa 1

Vídeos

Indígenas fecham BR-262, acesso a Taunay

3º Desafio Mountain Bike - Piraputanga MS

18 Festival de Inverno de Bonito

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,30m
Miranda
2,12m
Paraguai
4,24m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Imposto Territorial Rural de 2017: muda o ano, os probl...

Valdemir Gomes

Tamanduá...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Aquidauana...quais caminhos percorrerá?

Ver Mais Colunas
481710642