A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
10 de julho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Política

Com recesso, caso Renan fica só nas mãos da Polícia Federal

20 JUL 2007 - 11h39min
folha on line

Com o recesso parlamentar, a direção do Conselho de Ética do Senado empurrou o processo contra o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), para a Polícia Federal, que ainda não começou a perícia solicitada por falta de documentos. O órgão deve levar cerca de 20 dias para concluir o trabalho.


O presidente do Senado entregou ao conselho parte dos papéis que faltavam na última terça-feira e enviou o restante na noite de ontem. A Mesa Diretora mandou ontem mesmo o material recebido para o Ministério da Justiça.


O presidente do conselho, senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), e os relatores do caso viajaram e não estão acompanhando os procedimentos. Quintanilha afirmou que despachou os documentos para a Mesa sem conferir se estavam completos.


"Ficaram faltando uns documentos bancários", disse, sem detalhar, o senador Renato Casagrande (PSB-ES), que é um dos relatores e está em seu Estado. A senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) também está fora de Brasília, e Almeida Lima (PMDB-SE), aliado de Renan, é contra as investigações.


Casagrande negou que os trabalhos do conselho estejam parados. Ele disse que aproveitará o recesso para ouvir CDs gravados por Mônica Veloso com conversas entre ela, Renan e o lobista Cláudio Gontijo, da empreiteira Mendes Júnior.


O presidente do Senado é suspeito de ter despesas pagas por Gontijo. O lobista entregava R$ 12 mil mensais de pensão para Mônica, com quem Renan tem uma filha. Para provar que tinha dinheiro suficiente, o peemedebista declarou ganhos de R$ 1,9 milhão com gado nos últimos quatro anos.


Renan apresentou voluntariamente ao conselho notas fiscais e GTAs (Guias de Trânsito Animal) para comprovar as operações de venda de gado, mas laudo preliminar da PF apontou inconsistências nos documentos.


Para concluir o trabalho, a PF solicitou o livro-caixa das propriedades rurais de Renan, notas fiscais de 2004, GTAs que faltaram, talonários das notas fiscais apresentadas, ficha cadastral do rebanho de 2003 a 2006 e canhotos de recebimento do gado pelos compradores descritos nas notas fiscais.


Dois consultores do Senado estão em Alagoas solicitando às secretarias de Agricultura e Fazenda documentos complementares. Esse material não deve chegar a Brasília até a próxima terça-feira. Tanto Renan quanto esses órgãos públicos não são obrigados a colaborar.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Poucos dias após ganhar festa drive thru, Dona Edna falece em Aquidauana

2
Aquidauana

Aquidauana tem três novos casos de coronavírus nesta quinta-feira

3
Aquidauana

Sucesso na fronteira, Baddi chega à Aquidauana com as melhores pizzas e esfihas

4
Policial

Acidente entre carro e caminhão deixa três pessoas mortas em MS

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min13 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min13 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,37m
Miranda
2,09m
Paraguai
1,88m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"-VOCÊ SE DÓI"

Valdemir Gomes

Quando...

Rosildo Barcellos

História e tradição a céu aberto

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 2

Rua Roberto Scaff, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2350
Empréstimos

Matrix Empréstimos

Av. Manoel Murtinho, 1334 Centro - 79210-000 Anastácio/MS (67) 3245-0610
Escritórios Contabilidade

Escritório Modelo

Rua 7 de Setembro, 493 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Ver Mais