A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de julho de 2019
Anuncie Aqui
8828-->
Política

Extrato não prova origem da pensão no caso Renan

17 AGO 2007 - 08h05min
o estadão

Os extratos bancários da jornalista Mônica Veloso, que estão desde ontem sendo analisados pelo Instituto Nacional de Criminalística (INC), não comprovam que o dinheiro que ela recebeu do lobista Cláudio Gontijo provém da renda do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a título de pensão alimentícia. Com datas e valores de depósitos na conta da jornalista, os extratos, segundo uma autoridade com acesso às investigações, só serviram para ?refinar? a constatação do INC ao longo de dois meses de perícia nos documentos de defesa do senador.


Renan responde a processo por quebra de decoro no Conselho de Ética do Senado, sob a acusação de ter despesas pessoais bancadas pelo lobista, que trabalha para a empreiteira Mendes Júnior. Praticamente pronto, o laudo passa pelas últimas checagens e, segundo a Polícia Federal, responderá de forma técnica e objetiva aos 30 quesitos formulados pelo Senado. No conjunto, o documento é desfavorável ao senador porque foram detectadas notas fiscais frias, emitidas por empresas inidôneas, e identificadas inconsistências na comprovação da origem das rendas do senador.


Mas há pelo menos duas respostas favoráveis a Renan. O preço do gado que ele diz ter vendido está dentro do valor de mercado e não foram identificados sinais de superfaturamento, como se especulou. Ficou também demonstrado que Renan tinha recursos suficientes para arcar com a pensão paga à jornalista - com quem tem uma filha de 3 anos -, de abril de 2004 a dezembro de 2006, totalizando R$ 418 mil. Com base no laudo e outras provas, o Conselho decidirá se houve quebra de decoro, o que implica cassação do mandato do senador e suspensão dos seus direitos políticos.


Em contrapartida, não ficou comprovado se de fato ocorreram as operações de venda de gado, com as quais Renan alega ter faturado R$ 1,9 milhão em quatro anos. Os documentos que sustentam os negócios estão recheados de inconsistências. O INC também não conseguiu provas de que a fortuna acumulada por Renan desde 2002 provém das suas rendas agropecuárias e do seu salário de parlamentar. Ao contrário, foram detectadas incompatibilidades. Embora o laudo deva estar pronto na segunda-feira, o Senado pediu à PF que a entrega seja feita só na terça porque na segunda, como de praxe, a casa deve estar vazia.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Getam flagra motorista furando sinal em alta velocidade em Aquidauana

2
Policial

Mulher se separa de marido violento e passa a ser ameaçada por ele

3
Policial

Polícia Civil, PM e PRF prendem ladrões de joalheria e recuperam jóias roubadas

4
Policial

Ex-goleiro Bruno sai da prisão e vai para o semiaberto

Vídeos

Ministro do Turismo lança em Bonito programa para geração de empregos e renda no MS

Com atrações tradicionais e elenco de programa de TV, circo é atração para família

Bombeiros resgatam gatinhos presos no motor de veículo

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min21 max33

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min21 max33

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,75m
Miranda
2,73m
Paraguai
3,91m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Quero...

Fausto Matogrosso

O Brasil diante do mundo

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: EDUCAÇÃO, QUEM PRECISA?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Informática

Genius Escola de Formação Profissional

Rua Estevão Alves Corrêa, 2011 Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4118
Auto Posto

Nossa Senhora de Fátima

Rua Marechal Mallet, 804 centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 8199/ 7705
Lojas de Souvenirs

Egle - Camiseteria e Souvenir do Pantanal

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 583 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 - 2246
Ver Mais
508110639