A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
24 de Setembro de 2017
Anuncie Aqui
8500
Política

Governador se encontra com ministro das Cidades para firmar parceria para habitação

Mato Grosso do Sul deve ganhar incremento de mais 5 mil moradias para atender os 79 municípios

5 JUL 2017 - 16h01min
Flavio Brito

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, confirmou nesta quarta-feira (5) que estará em Campo Grande dia 4 de agosto para assinar convênios para a retomada do projeto de construção de casas populares no Estado. São mil unidades para atender, nesta primeira etapa, famílias de baixa renda da Capital. O anúncio foi feito durante reunião do ministro com o governador Reinaldo Azambuja e o prefeito de Campo Grande, Marcos Trad, em Brasília.

 No encontro de hoje, o ministro também anunciou a retomada da construção de casas dos programas habitacionais em Mato Grosso do Sul, que vai começar por Campo Grande e se estender para os demais municípios do Estado, reivindicação do governador Reinaldo Azambuja no encontro com o ministro no mês passado. O compromisso da União com o Governo do Estado prevê a construção de mais 4 mil casas para atender os outros 78 municípios do Estado.

“A Capital parou nos últimos 5 anos, ficou sem nenhum projeto habitacional. Agora, o Ministério das Cidades, dentro de vários programas existentes, vai privilegiar Campo Grande na seleção”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Já o prefeito de Campo grande enfatizou a importância dessa união de esforços. “Nós (governador e prefeito) estamos unidos em favor do Estado e da Capital, estamos assistindo com muita preocupação focos de invasão na cidade. Isso ocorre porque as administrações anteriores de Campo Grande não ofereceram nenhum tipo de habitação nos últimos 5 anos. O governador, ao saber de nossa proposta de solucionar o problema habitacional, imediatamente nos trouxe a Brasília, abriu as portas do Ministério das Cidades”, afirmou.
 
Parcerias

Reinaldo Azambuja e Marcos Trad enfatizaram as parcerias que estão firmando para viabilizar melhores condições de vida ao campo-grandense, sendo que para o prefeito, estas conquistas são resultados de “pessoas responsáveis, maduras, equilibradas que buscam o melhor para a cidade e para o Estado”. 

O governador também citou a parceria para as obras de reurbanização do cruzamento da  Via Parque com a Avenida Mato Grosso, que vai reordenar o tráfego de veículos. “Pretendemos expandir para outras vias. Isso mostra afinidade entre Governo do Estado e prefeitura”, afirmou ele, acrescentando que além da Capital, o Governo vai intensificar ações nos outros municípios. “O Estado está presente nos 79 municípios, todos estão tendo ou terão investimentos em infraestrutura”, reafirmou o governador.

Obras de infraestrutura

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, assegurou no encontro que vai retomar as obras paradas em Campo Grande. Para tanto, deve começar a liberar R$ 400 milhões para obras de macrodrenagem e asfaltamento. O ministro enfatizou que a pasta vai definir as questões técnicas para viabilizar os projetos, ente eles a conclusão das obras do Córrego Bálsamo, que já está com 62% da segunda etapa concluídos. O pacote de R$ 71,4 milhões contempla a retomada das obras do Parque Linear Bálsamo (R$ 26,4 milhões), início da primeira etapa do projeto de drenagem e controle de enchentes do Rio Anhanduí (R$ 47 milhões), entre as ruas Santa Adélia e Aquário, e que está em processo de licitação, e R$ 58 milhões para o inicio das obras do corredor de ônibus da região Norte da Capital. O novo corredor possibilitará recapeamento das ruas Bahia, Coronel Antonino, Cônsul Assaf Trad, Alegrete e 25 de Dezembro. “Hoje, o ministro acionou a Caixa (Econômica Federal) que vai encaminhar as pendências para o Ministério e desta forma agilizar a retomada das obras”, enfatizou Azambuja.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Acidente termina com dois motociclistas feridos no centro de Aquidauana

2
Geral

Implantação de 40 km da MS-228 muda cenários econômico e social no Pantanal

3
Trânsito

Piloto morre em acidente com moto esportiva na BR 262

4
Gente

Tirado de aldeia ainda bebê, taxista sente falta do que não viveu

Vídeos

Ponte Velha passa a fazer jus ao nome e vira desafio para quem passa a pé ou de moto

Acidente na BR 262 próximo ao trevo de Dois Irmãos do Buriti

Entrevista Comandante Tito Lívio - Aeroclube de Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,38m
Miranda
2,10m
Paraguai
3,39m

Colunas e Blogs

Pedro Puttini Mendes

Reflexos da Reforma Trabalhista no Meio Rural

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DEPOIS.....

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: E AGORA, ARNALDO?

Ver Mais Colunas
498110474