A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de outubro de 2018
Anuncie Aqui
8498
Política

Governo "carimba" R$ 180 milhões do PAC para MS

1 SET 2007 - 12h09min
campo grande news

Um mês depois do anúncio de que Mato Grosso do Sul terá R$ 345 milhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), feito pelo presidente Lula em Campo Grande, parte da verba já está "carimbada", ou seja, reservada para os investimentos. Segundo anunciou na manhã deste sábado o superintendente da Caixa Econômica Federal no Estado, Paulo Antunes, a direção regional do banco foi informada ontem do empenho de R$180 milhões por parte do Ministério das Cidades.


O dinheiro, conforme informou o superintendente, será para os projetos a cargo do governo do Estado e da prefeitura de Campo Grande. Para a Capital do Estado foram empenhados R$ 60 milhões e os R$ 120 milhões restantes para o governo estadual. A informação foi dada durante solenidade para entrega de 156 moradias pelo prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, no Jardim Aeroporto.


Ao comentar a reserva dos recursos, passo importante para efetivar os investimentos anunciados no dia 31 de julho, o governador André Puccinelli (PMDB), presente à solenidade, disse que isso é fruto do trabalho em equipe. "Se todo mundo se juntar e empurrar o ônibus pra frente, ele desencalha", declarou, comparando o Estado a um velho veículo de transporte.


Os investimentos - Os projetos do PAC no Estado prevêem que em Campo Grande os recursos sejam investidos em urbanização de favelas e obras voltadas à preservação e recuperação de córregos na cidade e região adjacentes. Na parte de investimentos a cargo do governo estadual, a maior verba é da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), para saneamento, mas também há previsão de investimento em urbanização de favelas.


A largada obras depende do andamento das licitações, que só poderão começar depois que os projetos forem aprovados na Caixa, responsável pela liberação de recursos do PAC. Segundo Antunes informou, parte dos projetos já está em análise pela instituição financeira.


O início das obras previstas nos projetos do PAC para Mato Grosso do Sul está previsto para 2008. A liberação dos recursos deve ser gradual.


Não há informação ainda sobre o empenho de recursos voltados a investimentos em Corumbá e Dourados, também inclusas no PAC.


Divisão do bolo - Do total de R$ 345 milhões a serem aplicados em Mato Grosso do Sul pelo PAC, R$ 124 milhões serão administrados pelo governo estadual, R$ 131 milhões por Campo Grande, R$ 66,7 milhões pela prefeitura de Corumbá e R$ 23 milhões pela administração de Dourados.


Do bolo de investimentos previstos, R$ 291,2 milhões são oriundos da União - R$ 224,6 milhões do Orçamento e outros R$ 66,6 milhões de financiamentos federais. Outros R$ 54,1 milhões virão de contrapartidas: R$ 24,5 milhões do governo estadual, R$ 17,2 milhões de Campo Grande, R$ 9 milhões de Corumbá e R$ 3 milhões de Dourados.

Veja também

Mais Lidas

1
Nota de Falecimento

Dono de tradicional sapataria de Aquidauana falece neste sábado

2
Aquidauana

Rapaz de 25 anos acelera Uno em cruzamento com sinal fechado e colide em moto

3
Policial

Jovem de 20 anos é preso depois de empinar moto em Anastácio

4
Aquidauana

Ladrão invade casa e leva várias roupas, mesa, sabão em pó e botijão de gás

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,96m
Miranda
5,66m
Aquidauana
2,93m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

De...

Robinson L Araujo

INDEPENDENTE DA SITUAÇÃO VIVIDA, ELE NOS ABRAÇOU!

Chico Castro

E AGORA JOSÉ?

Ver Mais Colunas
498110572