A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de novembro de 2019
Anuncie Aqui
9194-->
Política

Mesa estuda nova representação contra Renan

7 AGO 2007 - 08h07min
estadão

A Mesa Diretora do Senado se reúne às 10 horas para decidir se envia ao Conselho de Ética a representação em que o PSOL pede que seja investigada a ligação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), com a fábrica de bebidas Schincariol.
 
Segundo a revista Veja, Renan teria atuado no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e na Receita Federal em favor da empresa - que pagou R$ 27 milhões por uma fábrica de refrigerante pertencente a seu irmão, deputado Olavo Calheiros (PMDB-AL), que estava prestes a fechar.


Outro problema para Renan, é que as bancadas do PSDB e do DEM vão formalizar nesta terça-feira, 7, em reuniões separadas, a decisão de pedir ao Conselho de Ética que investigue a denúncia de que Renan teria usado parentes e servidores do Senado como laranjas na compra de um jornal e duas rádios em Alagoas, avaliadas em R$ 2,5 milhões. Também vão decidir se obstruem os trabalhos para pressionar por sua renúncia.


O líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), cobrou na terça do presidente da Casa que se licencie e ameaçou obstruir os trabalhos enquanto ele continuar no cargo. "Vou propor que nós não votemos mais nada sob a presidência do senador Renan", afirmou, da tribuna. Ele e o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), acham que o Senado não pode mais ser presidido por um parlamentar que a todo momento está sendo obrigado a se explicar.


Para o segundo-secretário, Gerson Camata (PMDB-ES), não cabe à Mesa Diretora opinar sobre o mérito de nenhuma denúncia. "Nossa missão é mandar a denúncia para a corregedoria e para o conselho", explicou. "É um problema deles e não nosso."


Camata disse que vai apresentar emenda ainda nesta terça ao regimento interno do Senado excluindo de uma vez por toda a necessidade de a Mesa se manifestar sobre denúncias contra parlamentares.


O futuro de Renan depende ainda da perícia que está sendo realizada pela Polícia Federal nos documentos em que nega envolvimento com a empreiteira Mendes Júnior. Notas fiscais e recibos do "pacote" teriam sido forjados para mostrar que ele teve rendimentos de R$ 1,9 milhão em quatro anos.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Bebê cai em balde com lavagem para porcos e morre afogado

2
Policial

PRF já prendeu três por álcool ao volante e multou 97 por ultrapassagem indevida

3
Policial

Polícia identifica acusados de pelo menos 7 roubos

4
Policial

Guarda Municipal é preso levando 40kg de cocaína para Minas Gerais

Vídeos

Assaltante que aterroriza Aquidauana realiza furtos em cidades vizinhas

Durante combate a incêndio, bombeiros resgatam jaguatirica ferida 1

Família perde tudo em incêndio que atingiu quatro casas

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max36

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max36

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,39m
Miranda
2,84m
Paraguai
1,05m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Têm...

Dr. Giuliano Máximo

Mais uma vez a prisão em 2º grau

Flavia Rohdt

Aldravia #12

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escritórios Contabilidade

Caires Escritório de Contabilidade

Rua Estevão Alves Corrêa, 411 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1210 / Fax
Médicos

Roberto Trindade - Ginecologista

Rua Duque de Caxias, 657 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3727
Médicos

Carlos Alberto A. Filho - Otorrino

Ruas Marechal Mallet, 601 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2126
Ver Mais
508110631