A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de fevereiro de 2019
Anuncie Aqui
8494
Política

Mudança em ponto de medição pode reduzir tarifa de energia em 5%

26 SET 2007 - 13h37min
assembleia legislativa de MS

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Enersul, deputado estadual Paulo Corrêa (PR), anunciou que a mudança no ponto de medição da concessionária poderá reduzir a tarifa de energia elétrica, cobrada dos 699,4 mil clientes em 73 municípios do Estado, em mais 5%. Além da redução já obtida nas contas residenciais desde o dia 1º deste mês, o parlamentar espera conseguir a diminuição de 22% na tarifa com a revisão, prevista para abril de 2008.


Com o objetivo de conquistar a diminuição de 5%, o presidente da comissão encaminhou ofício ao Ministério das Minas e Energia, pedindo o retorno da medição das linhas 138 Kv de Jupiá para Campo Grande. Desde 2003, toda a energia comprada pela concessionária é aferida no estado de São Paulo. Conforme estimativa do dirigente da empresa, a mudança poderá causar redução de 5% na conta de luz dos sul-mato-grossenses, que pagam a tarifa mais cara do País.


No mesmo ofício, a CPI pediu que a Enersul deixe de pagar para a Eletrosul a receita agregada permitida (RAP) referente ao uso de três circuitos de 138 Kv. O pedido será analisado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e terá impacto na tarifa.


A CPI ainda planeja obter redução de dois dígitos na revisão tarifária, realizada a cada cinco anos, prevista para abril de 2008. Paulo Corrêa aposta na redução de 22%, índice próximo do adotado neste ano pela Eletro, que atende cinco municípios em Mato Grosso do Sul. Em 2003, a Enersul teve autorização da Aneel para corrigir os valores da conta de luz em 50,81%.


ICMS - A CPI ainda analisa a ampliação da isenção de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na cobrança das contas de 50 para 80 quilowatts. A proposta está sendo analisada pelo vice-presidente da CPI, deputado estadual Paulo Duarte (PT), que foi secretário de Fazenda. Ele calculará o impacto da medida na arrecadação do tributo e quantos consumidores serão beneficiados pela isenção. O petista prometeu concluir o trabalho até a próxima semana.


Segundo Duarte, a ampliação na isenção depende de projeto de lei e a iniciativa cabe ao Poder Executivo. Ele disse que fará o estudo e uma indicação ao governador André Puccinelli (PMDB) para encaminhar o projeto com este objetivo. Outra saída é a a aprovação de lei complementar com esta finalidade pelo Congresso Nacional.


Estas propostas foram debatidas ontem à tarde, durante reunião da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. A CPI da Enersul também acompanhará a apuração feita pela Aneel, de que houve informação errada no cálculo da revisão tarifária de 2003. Caso seja confirmada, a Aneel determinará a correção, a menor, na tarifa cobrada pela concessionária de energia elétrica.

 (67) 99984.6000

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Homem que furtou corpo de cemitério em Dois Irmãos foi expulso da PM há 21 anos

2
Policial

Após foto no Facebook, PMA localiza e multa caçador de jacaré

3
Policial

Dono de conveniência é preso por clonar placa de viatura da Receita Federal

4
Aquidauana

No Serraria, ruas viram rio de lama e moradores culpam equipes das obras de esgoto

Vídeos

1º Leilão Direito de Viver

Ciclista sofre fratura após ser atropelado por caminhão

Despedida do Pe. Thiago Machado

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max35

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min23 max35

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
2,52m
Miranda
5,26m
Aquidauana
2,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Um...

Robinson L Araujo

QUANDO A FAMÍLIA FAZ DO PERDÃO UMA PONTE DE RESTAURA...

Raquel Anderson

Morrer na lama!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

POSTO JC

Estevão Alves Correa, 901 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3426
Farmácias e Drogarias

Drogaria Guanandy

Manoel Antonio Paes de Barros, 1332 - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Supermercados

Central Supermercado

Sete de Setembro, 875 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3286
Ver Mais
508110802