A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de novembro de 2019
Anuncie Aqui
9194-->
Política

Na última sessão da semana, deputados devem apreciar cinco matérias

11 JUL 2019 - 11h29min
ALMS

O plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) deve votar cinco matérias durante a Ordem do Dia desta quinta-feira (11). Retorna para apreciação em segunda discussão o Projeto de Lei Complementar 9/2019, do Poder Executivo, que altera o Estatuto dos Profissionais da Educação Básica do Estado (Lei Complementar 87/2000). 

De autoria do deputado Antônio Vaz (PRB) - o Projeto de Lei 48/2019 autoriza o Poder Executivo a criar um acesso no portal eletrônico da Secretaria de Segurança Pública para atendimento de ocorrências envolvendo animais. A proposta está prevista para segunda discussão após pareceres favoráveis por unanimidade da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração e da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

O Projeto de Lei 70/2019, do Poder Executivo, que revoga a Lei nº 5.160, de 8 de março de 2018, que autoriza o Estado de Mato Grosso do Sul a doar, com encargo, o imóvel que especifica, para beneficiários de Programa de Habitação de Interesse Social, tendo como intermediária a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab). Com parecer favorável da Comissão da Controle da Eficácia Legislativa e Legislação Participativa, a matéria está pautada para segunda discussão.

Por meio do Projeto de Lei nº 99/2019, o Poder Executivo pretende alterar a redação de dispositivos da Lei nº 3.953, de 11 de agosto de 2010, que dispõe sobre o combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes por pessoas jurídicas titulares de benefícios ou de incentivos fiscais, financeiros-fiscais no Estado de Mato Grosso do Sul. Também prevista para segunda votação, o projeto conta com pareceres favoráveis por unanimidade da Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos e da Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social.

Pautado em primeira discussão, o  Projeto de Lei 150/2019, do deputado Marçal Filho (PSDB), obriga as pessoas jurídicas de direito privado e as empresas prestadoras de serviços públicos, que atuam no Mato Grosso do Sul, a informarem, mensalmente, nos boletos de cobrança, sobre a existência de débitos do consumidor. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) foi favorável pela tramitação do projeto.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Vizinhos sentem cheiro forte e descobrem homem morto dentro de casa em Anastácio

2
Aquidauana

Empresário renomado, Mário Gazin visita sua loja em Aquidauana

3
Aquidauana

Agente de Aquidauana receberá prêmio do concurso de redação da DPU

4
Policial

Homem é agredido após negar sexo com suspeito

Vídeos

Assaltante que aterroriza Aquidauana realiza furtos em cidades vizinhas

Durante combate a incêndio, bombeiros resgatam jaguatirica ferida 1

Família perde tudo em incêndio que atingiu quatro casas

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min24 max36

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min24 max36

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,61m
Miranda
4,02m
Paraguai
1,00m

Colunas e Blogs

Robinson L Araujo

A INTELIGÊNCIA E BELEZA DE ABIGAIL, COMPARADOS AO AMOR...

Valdemir Gomes

Agora...

Dr. Giuliano Máximo

Mais uma vez a prisão em 2º grau

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Flavio Arima - Ortopedista

Rua Duque de Caxias, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8727
Casas de Shows

GRESSA

Visconde de Taunay, 457 Bairro Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4142/9201-
Jóias

Oficina de Jóias JD

Rua Estevão Alves Corrêa, 1046 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS 67 - 3241-7805
Ver Mais
508110697