A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de fevereiro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Política

Na última sessão da semana, deputados devem apreciar cinco matérias

11 JUL 2019 - 11h29min
ALMS

O plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS) deve votar cinco matérias durante a Ordem do Dia desta quinta-feira (11). Retorna para apreciação em segunda discussão o Projeto de Lei Complementar 9/2019, do Poder Executivo, que altera o Estatuto dos Profissionais da Educação Básica do Estado (Lei Complementar 87/2000). 

De autoria do deputado Antônio Vaz (PRB) - o Projeto de Lei 48/2019 autoriza o Poder Executivo a criar um acesso no portal eletrônico da Secretaria de Segurança Pública para atendimento de ocorrências envolvendo animais. A proposta está prevista para segunda discussão após pareceres favoráveis por unanimidade da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração e da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

O Projeto de Lei 70/2019, do Poder Executivo, que revoga a Lei nº 5.160, de 8 de março de 2018, que autoriza o Estado de Mato Grosso do Sul a doar, com encargo, o imóvel que especifica, para beneficiários de Programa de Habitação de Interesse Social, tendo como intermediária a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab). Com parecer favorável da Comissão da Controle da Eficácia Legislativa e Legislação Participativa, a matéria está pautada para segunda discussão.

Por meio do Projeto de Lei nº 99/2019, o Poder Executivo pretende alterar a redação de dispositivos da Lei nº 3.953, de 11 de agosto de 2010, que dispõe sobre o combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes por pessoas jurídicas titulares de benefícios ou de incentivos fiscais, financeiros-fiscais no Estado de Mato Grosso do Sul. Também prevista para segunda votação, o projeto conta com pareceres favoráveis por unanimidade da Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos e da Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social.

Pautado em primeira discussão, o  Projeto de Lei 150/2019, do deputado Marçal Filho (PSDB), obriga as pessoas jurídicas de direito privado e as empresas prestadoras de serviços públicos, que atuam no Mato Grosso do Sul, a informarem, mensalmente, nos boletos de cobrança, sobre a existência de débitos do consumidor. A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) foi favorável pela tramitação do projeto.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Região

Militar do exército morre em acidente na BR-262 em Corumbá

2
Aquidauana

Homem é preso após tentar estuprar adolescente no Bairro Alto

3
Aquidauana

Polícia desarticula esquema de “disk drogas” do Bairro Alto

4
Miranda

Homem é preso após abusar sexualmente de meninas de 8 e 9 anos

Vídeos

Águas do Miranda representa o Centro-Oeste na 7ª edição do Concurso Lei Maria da Pena

Urgente: Caminhão carregado com mortadela cai em serra entre Nioaque e Sidrolândia

PRF persegue veículo suspeito por 10km na BR 262 e apreende 149 tabletes de cocaína

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min23 max35

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min23 max35

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
5,65m
Miranda
6,11m
Paraguai
1,45m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"EXERCÍCIO"

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: SONHOS

Valdemir Gomes

Ser...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Auto Posto

Auto posto WA II

Rua Oscar Trindade de Barros, Santa terezinha - 79200-000 Aquidauana/MS (67)
Médicos

Solange A. Pellegrino - Psiquiatra

Marechal Mallet, 567 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3114
Imobiliárias

Imobiliária Barros e Reis

Rua Marechal Mallet, 685 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3062 / 324
Ver Mais