A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de Dezembro de 2017
Anuncie Aqui
8492
Política

PAC tem R$ 1 bi para rodovias em MS

1 AGO 2007 - 07h44min
correio do estado

Além de beneficiar Campo Grande, Dourados e Corumbá com R$ 345,3 milhões, o Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) prevê R$ 1 bilhão para conservação e recuperação de rodovias sul-mato-grossenses. As obras serão efetivadas até 2010, assegurou ontem a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, durante breve passagem pela Capital. A visita teve como convidado mais ilustre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que sinalizou outros investimentos para o Estado, após ouvir pauta de reivindicações do governador André Puccinelli (PMDB).


Nas próximas semanas, Dilma reúne-se com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, para dar início ao processo de seleção dos projetos. Ela não adiantou em quais rodovias sul-mato-grossenses o recurso será aplicado.


A comitiva presidencial anunciou ainda R$ 110 milhões para o Projeto Luz Para Todos. "A meta é zerar a exclusão elétrica no Estado", frisou a ministra da Casa Civil. Também estão previstos R$ 20 milhões para a Hidrovia Paraná-Paraguai e, além disso, está assegurada a ampliação de usina termoelétrica localizada em Três Lagoas e de outras pequenas usinas hidrelétricas. Outra novidade é a previsão de investimentos em nove usinas de etanol.


Já a possibilidade de Mato Grosso do Sul estar na rota do poliduto não foi afastada pela ministra da Casa Civil. Ela informou que a Petrobras está realizando estudo do projeto. A análise deverá estar concluída em 2008.


Em setembro, serão anunciados os recursos para municípios com até 150 mil habitantes. No Estado, Três Lagoas e Ponta Porã poderão ser contemplados. Até 2008, já estão garantidos R$ 2 bilhões em obras de saneamento e urbanização.


Para concorrer a parte dos recursos é obrigatória a apresentação de projeto no Ministério das Cidades. A prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), revelou que espera a aprovação de dois projetos, que trariam ao município em torno de R$ 48 milhões, para aplicar em saneamento e em drenagens.


Entre os municípios com menos de 50 mil habitantes terão prioridades aqueles com população indígena e com quilombos. Com esta informação, Lula sinalizou a possibilidade de outras cidades do Estado serem beneficiadas.


Mais pleitos
Aproveitando a passagem do presidente pela Capital, o governador André Puccinelli apresentou outras reivindicações. Ele reforçou a importância de o poliduto passar pelo Estado. Além disso, pediu a federalização da rodovia MS-040 - que passa em frente do Colégio Agrícola de Campo Grande e liga a Capital a Santa Rita do Pardo - e a construção da ponte da Paulicéia, que integraria o Estado a São Paulo. Também constou na lista de pleitos a adequação do Aeroporto Internacional de Campo Grande, no sentido de torná-lo um terminal de cargas, e a construção de uma ferrovia para interligar o Estado ao Porto de Paranaguá, no Paraná.


O presidente não descartou atender aos pedidos. Lula informou que alguns projetos já estão incluídos no PAC e os demais estariam sendo estudados.


Por:LIDIANE KOBER

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Corpo de ex-presidente da OAB de Aquidauana é encontrado carbonizado na BR-419

2
Anastácio

Suspeito da morte de ex-presidente da OAB é preso no Bairro Alto

3
Aquidauana

‘Muito alegre’: amigos lembram com carinho de Severino Alves de Moura

4
Aquidauana

Jornal divulga matéria e incomoda empresário, que solicita nota de esclarecimento

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,11m
Miranda
7,09m
Paraguai
1,86m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

Odilon lidera, André o mais rejeitado

Robinson L Araujo

TENDO UM SONO RESTAURADOR

Rosildo Barcellos

Pequenas reflexões sobre o Biodireito

Ver Mais Colunas
498110412