A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
23 de outubro de 2019
Anuncie Aqui
9028-->
Política

Riedel diz que é preciso ter entendimento sobre a Previdência para o futuro não ser ‘utopia’

17 JUN 2019 - 13h15min
Da redação

A reforma da Previdência representa muito mais do que um alicerce fundamental para reequilibrar as contas públicas nacionais: é o primeiro passo,  e decisivo, para que outras reformas possam acontecer e o Brasil encontrar uma nova rota de crescimento e recuperação dos empregos.

Assim, o Secretário de Governo (braço direito do governador Reinaldo Azambuja), Eduardo Riedel, definiu a importância da aprovação do texto original, com inclusão de estados e municípios, como condição para a superação  da atual crise econômica e de governabilidade porque passa o País. 

“Essa reforma é emblemática. Porque, sem ela, não haverá o necessário resgate da confiança. E sem confiança não há investimento; sem investimento, não há crescimento; e sem crescimento não tem milagre - não há geração de empregos e renda”, explicou.

O secretário  espera que, ao final, prevaleça o bom senso. “Ou se tem um clima de entendimento e de compreensão por parte de todos, de que as reformas não são deste ou daquele ministro; deste ou daquele partido, ou o futuro será apenas uma utopia”.

O secretário de governo do Mato Grosso do Sul lembra que a maioria dos governos estaduais está em grandes dificuldades para fechar as contas e Mato Grosso do Sul só está entre os estados que pagam os salários em dia porque o governador Azambuja fez as reformas que o Brasil ainda não fez, adotando medidas duras, austeras, mas necessárias para o equilibrar receita e despesa. “Fizemos a lição de casa: enxugamos a estrutura administrativa e hoje somos o estado mais enxuto do Brasil; reformamos a Previdência; aprovamos um teto para os gastos públicos dos três Poderes; revisamos todos os incentivos fiscais; e está  em curso um drástico esforço de mais redução do custeio, para garantir a solvência do estado!

Para Riedel, chegou a hora da formação de uma nova consciência sobre os limites dos governos e de suas atribuições: “O estado não pode tudo! Esse  estado gigantesco, perdulário e irresponsável e que nos levou ao centro da maior e mais longa recessão da história da República” , lembrou, defendendo um novo modelo de gestão, de qualificação dos gastos públicos e de parceria com os setores produtivos, para remodelar o próprio processo de desenvolvimento nacional.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Aquidauana se despede de Dona Mariinha, que faleceu hoje aos 83 anos

2
Aquidauana

Prefeitura de Aquidauana interdita ponte velha para manutenção

3
Aquidauana

Vítima de infarto, professor será velado na Câmara Municipal de Aquidauana

4
Miranda

Em Miranda, ladrões roubam bolsa com R$ 800 e pote de coleta de urina

Vídeos

Bolivianos que levavam 15,9 quilos de cocaína em veículo são presos em Miranda

Eleição de Miranda

Empresário de 31 anos pesca Surubim de mais de 40 kg no Rio Miranda

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min18 max35

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max35

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,76m
Miranda
1,74m
Paraguai
1,62m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

O...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: AINDA SOBRE SER PROFESSOR

Raquel Anderson

Porque é domingo!

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Restaurantes

Churrascaria e lanchonete Laçador II

Pedroso Alagues, s/n BR 262 - 79210-000 Anastácio/MS (67) 3245 0300
Pizzarias

Fiorella Pizza

Duque de Caxias, 1171 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 8172
Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Sorvetes Italiano Chocobom

Rua Estevão Alves Corrêa, Barrakech - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6875
Ver Mais
508110669