A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
26 de Março de 2017
Anuncie Aqui
8210

Farmácia Popular tem limite mínimo de idade para venda de remédios

19 JAN 2017 - 09h35min
Correio do Estado
O Programa Farmácia Popular agora terá limite mínimo de idade para a compra de medicamentos. De acordo com as novas regras do Ministério da Saúde, o medicamento para colesterol alto só poderá ser vendido pelo programa para quem tem 35 anos ou mais. Já o remédio que trata de osteoporose só será vendido para maiores de 40 anos.
 
Para comprar o medicamento que trata a Doença de Parkinson, o paciente precisa ter mais de 50 anos, e para hipertensão, pelo menos 20 anos. Os contraceptivos serão vendidos a pessoas entre 10 e 60 anos de idade.
 
Segundo a pasta, as restrições no sistema foram implantadas para maior controle dos medicamentos, levando em conta os parâmetros definidos por protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas do Ministério da Saúde.
 
Aos pacientes que estiverem fora da faixa etária estabelecida, a pasta orienta que, se precisar de um dos medicamentos, poderão requerer a inclusão do Cadastro da Pessoa Física (CPF) no sistema, pela Ouvidoria-Geral do Sistema Único de Saúde (SUS), no telefone 136, opção 8, ou pelo e-mail [email protected]
 
O ministério solicita às farmácias credenciadas que, em caso de alterações, façam a devida validação de dados na Receita Federal.
 
Irregularidades
 
As novas regras vieram depois da identificação de irregularidades recorrentes na indicação de medicamentos para pacientes com idade normalmente incompatível com a doença a ser tratada. De acordo com o Ministério da Saúde, a mudança faz parte de um processo de aperfeiçoamento do programa.
 
O Programa Farmácia Popular, criado em 2004, oferece medicamentos gratuitamente ou com descontos de até 90%. Além de remédios para hipertensão, diabetes e asma, os usuários também podem comprar outros compostos e até fraldas geriátricas e remédio para rinite.
 
A iniciativa, criada pelo Ministério da Saúde para ampliar o acesso a medicamentos no país,  está presente em 80% dos municípios brasileiros e conta 34.616 farmácias conveniadas ? em torno de metade das drogarias do país. Ao todo, são disponibilizados 25 produtos no programa; 14 deles gratuitamente.

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Ribeirinho relata que quase salvou menina Laura

2
Geral

Tragédia do Aquidauana: Oito dias sem Laura

3
Policial

Agente penitenciário usa Whats App para denegrir imagem de colega

4
Policial

Pistoleiro esquartejado era informante e protegido da polícia

Vídeos

Criança ainda está desaparecida nas águas do Aquidauana

Incêndio em residência em Anastácio

Lançamento de Obras em Aquidauana

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,46m
Miranda
2,38m
Paraguai
2,30m
Rio Cuiabá
3,72m
Rio Taquari
4,10m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

PMDB-PSDB, mais afinidades do que diferenças

Raquel Anderson

Embalando o presente

Rosildo Barcellos

Cromossomos Felizes

Ver Mais Colunas
472810357