A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
25 de Abril de 2017
Anuncie Aqui
8189

Presidente autoriza uso das forças armadas para garantir ordem e segurança no MS

19 JAN 2017 - 16h12min
Sejusp
O presidente Michel Temer atendeu ao pedido da governadora em exercício de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto, para disponibilizar permanentemente a presença das Forças Armadas na linha de fronteira de MS com o Paraguai e Bolívia. A solicitação aconteceu na tarde desta quarta-feira (dia 18) em reunião da governadora e mais sete governadores do Brasil com a autoridade máxima do país no Palácio do Planalto. Esta é uma reivindicação que já havia sido feita pelo governador Reinaldo Azambuja à presidência da República, em anteriores reuniões sobre Segurança Pública na capital federal.
 
De acordo com a governadora em exercício, o pedido é parte de um pacote de solicitações de Mato Grosso do Sul para questões de segurança que ?prioritariamente passam pela fronteira?, citou, explicando. ?Temos uma faixa extensa que infelizmente não pode estar apenas sob cuidados do Estado, o Governo Federal precisa estar permanentemente atuando nesta faixa e de maneira massiva?, pontuou Rose.
 
Ainda na agenda com o presidente Michel Temer, o secretário de Estado de Justiça e de Segurança Pública, José Carlos Barbosa, avaliou o encontro como bastante produtivo. ?O presidente afiançou a presença das Forças Armadas nas fronteiras e apoio ao sistema penitenciário?, apontou. O secretário já estava em Brasília e vinha de reuniões com ministros sobre o Plano Nacional de Segurança Pública.
 
Nesta quarta-feira (18) havia a previsão para assinatura da adesão dos Estados ao Plano que foi cancelada pelo Planalto Central. No lugar, houve o encontro apenas com os governadores da Região Norte mais MT e MS. ?Há pontos do plano ainda em construção?, citou Rose.
 
A presença das Forças Armadas na faixa de fronteira nos limites de MS com os dois países vizinhos será com efetivos do Exército, Marinha e Aeronáutica. Após o acordo de hoje, Governos Federal e Estadual definem tramitação pertinente para o posicionamento estratégico das Forças.
 
Outra sinalização do presidente Temer para MS é o aumento do número de pessoal da Força Nacional no Estado. Cerca de 40% dos presos que hoje estão em Mato Grosso do Sul são oriundos do tráfico, do crime transnacional, totalmente custeados pelo Estado. Aumento do efetivo da Força Nacional, apoio financeiro ao sistema prisional, além de envio das Forças Armadas aos presídios também foram tratados na reunião desta quarta-feira.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Briga de casal termina em tentativa de homicídio em bar de Aquidauana

2
Policial

Espancada pelo marido, mulher morre com o intestino rompido

3
Policial

Segunda começa com maior assalto da história do Paraguai

4
Policial

Jovem é preso na Nova Aquidauana por esconder droga em buraco no quintal

Vídeos

Blitz educatica frente ao Exercito

Sucuri de três metros é capturada em Anastácio-MS

Blitz educativa Aquidauana-MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,78m
Miranda
2,99m
Paraguai
2,68m
Rio Cuiabá
3,76m
Rio Taquari
4,37m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

Do abraço, do afago e do aconchego: as distâncias, apen...

Raquel Anderson

Pequeno profundo diário IV

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: FIM DOS TEMPOS?

Ver Mais Colunas
472810650