A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
21 de Setembro de 2017
Anuncie Aqui
8470

Vice-governadora participa de reunião ministerial sobre segurança nas fronteiras com cinco países

16 NOV 2016 - 15h08min
Assessoria
A vice-governadora Rose Modesto embarcou nesta quarta-feira (16) rumo à Brasília (DF) para  participar da Reunião Ministerial do Cone Sul sobre Segurança nas Fronteiras, agenda em que representará o governador Reinaldo Azambuja.  O encontro acontecerá logo mais às 15h (horário DF) no Palácio Itamaraty.
 
Estarão presentes os responsáveis por órgãos diplomáticos e de segurança pública de cinco países, além do Brasil: Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. Segundo o Itamaraty, o País será representado pelos ministros das Relações Exteriores, José Serra; da Defesa, Raul Jungmann; da Justiça, Alexandre de Moraes; e do Gabinete de Segurança Institucional, general Sergio Etchegoyen.
Foram convidados ainda os governadores da Região Sul do Brasil, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de mais um estado do Centro-Oeste: Mato Grosso.
 
?Essa é uma oportunidade para tratarmos de questões tão sensíveis à segurança pública que afetam diretamente a vida dos cidadãos, como o tráfico de drogas que gera violência nas cidades e o contrabando que retira empregos formais do mercado e diminui a arrecadação de impostos, entre outros assuntos?, explicou a vice-governadora ao embarcar para a Capital Federal.
 
Segundo a Agência Brasil, a reunião é uma iniciativa inédita nos últimos anos que visa aprimorar a cooperação entre os países do bloco.  Os países sul-americanos, de forma geral, já possuem acordos bilaterais sobre o tema e, portanto, a proposta é incrementar os esforços conjuntos entre os países do Cone Sul.
 
Entre outros temas prioritários na pauta do Brasil, estão ainda a entrada de armas ilegais no País e tráfico de pessoas; além dos já citados pela vice-governadora: tráfico de drogas e contrabando. Como resultado desta reunião será redigido um documento oficial com declaração dos países sobre o tratado, tais como a realização de operações conjuntas entre países. Deve ser criada ainda uma instância integrada de gestão que deve reunir-se com periodicidade pré-determinada.

Veja também

Mais Lidas

1
Turismo

Primeira chef de cozinha indígena do país é de Aquidauana

2
Policial

Mineiro filmado maltratando sucuri em MS é multado e pousada é fechada

3
Aquidauana

Entregadores dos Correios de Aquidauana entram em greve contra perda de benefícios

4
Aquidauana

Casa do Trabalhador de Aquidauana oferece três vagas de emprego para hoje

Vídeos

Acidente na BR 262 próximo ao trevo de Dois Irmãos do Buriti

Entrevista Comandante Tito Lívio - Aeroclube de Aquidauana MS

Semana Nacional de trânsito inicia em Anastácio com blitz educativa

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,38m
Miranda
2,10m
Paraguai
3,39m

Colunas e Blogs

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

DEPOIS.....

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: E AGORA, ARNALDO?

Valdemir Gomes

Adeus...

Ver Mais Colunas
498110558