A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
20 de agosto de 2019
Anuncie Aqui
8826-->
Tecnologia

Centros públicos de acesso a Web foram usados por somente 2,1% da população em 2005

8 AGO 2007 - 13h07min
uol

Os centros públicos foram usados por somente 2,1% da população a partir dos 10 anos de idade em 2005. Essa parcela prefere se conectar de casa (10,5%), do trabalho (8,3%), da escola (5,4%) e de lugares pagos, como as lan houses (4,6%). Os dados são do estudo da Ritla (Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana), com base em dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) de 2005, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).


O Mapa das Desigualdades Digitais no Brasil, divulgado nesta segunda-feira (07/08), aponta que os postos públicos de acesso à internet não são ainda em número suficiente para atender a população. E que fatores como a localização dificultam esse acesso a pessoas de baixa renda.


O estudo foi feito pela Ritla, organização internacional com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento tecnológico e científico, com apoio do Ministério da Educação.


Há três semanas, o estudante Sérgio Oliveira, de 45 anos, freqüenta uma sala do Projeto Casa Brasil, na cidade satélite de Ceilândia, a 24 quilômetros de Brasília, em busca de qualificação profissional para aumentar o salário. O projeto, do governo federal, oferece computadores conectados à internet e cursos que aliam tecnologia digital à cultura.


"Essa é uma chance para a população carente ter acesso à internet e se atualizar. Em outros lugares, conectar-se é muito caro", disse o estudante.


Desigualdades geográficas
O estado de São Paulo, informa o estudo, tem os melhores índices de acesso popular: 2,4% . No outro extremo, apenas 0,1% da população de Alagoas com menor renda buscou a internet nos postos públicos.


Em todo o país, apenas uma parcela de 0,9% da população de baixa renda acessou a rede gratuitamente, contra 4,5% da população de renda mais alta. O estudo não apresenta o valor da renda da população pesquisada, dividida em dez faixas. E sugere uma revisão das estratégias de expansão dos centros públicos e das desigualdades sociais, que se refletem nos índices de acesso de acesso à internet e, conseqüentemente, no uso das tecnologias de informação e da comunicação.


"Se não formularmos ou apoiarmos, firmes e decididamente, medidas que diminuam as desigualdades existentes ou que limitem sua consolidação, estaremos só reforçando o círculo perverso da exclusão", conclui o texto.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Em Anastácio, multinacional abre vagas e interessados tem até sexta para se candidatar

2
Policial

Jovem deixa moto na frente de casa, em Aquidauana, e tem veículo furtado

3
Policial

Pistoleiros executam homem enquanto comia pastel com neta de 8 anos

4
Aquidauana

Ladrões roubam bolsa com dinheiro e produtos de trabalho de manicure

Vídeos

Wild Camp reúne apaixonados por Kombi neste fim de semana em Camisão

Wild Camp reúne apaixonados por Kombi neste fim de semana em Camisão

Gaeco apreende 26 armas, munições e documentos que já estão na Delegacia de Aquidauana

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min16 max30

Aquidauana

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.
min16 max30

Anastácio

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,24m
Miranda
2,27m
Paraguai
3,66m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Quando...

Raquel Anderson

Aquidauana

Fausto Matogrosso

ATÉ QUANDO?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Pousada Recanto das Emas

Estrada da Barra Mansa, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6180 / 998
Auto Elétrica/Oficinas

Oficina Brasil

Pandia Calogeras, 841 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3574
Médicos

Alex Leite Melo - Psiquiatra

Rua Getulio Vargas, 153 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4160
Ver Mais
508110774