A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
15 de Dezembro de 2017
Anuncie Aqui
8492
Tecnologia

Prazo de validade de cartão pré-pago pode acabar

7 AGO 2007 - 09h52min
uol

O Projeto de Lei 618/07, apresentado à Câmara pelo deputado Lincoln Portela (PR-MG), proíbe as empresas de telefonia de impor um prazo de validade para os cartões de celulares pré-pagos. A proposta também determina que o aparelho pré-pago só será bloqueado para recebimento de chamadas um ano após o término do último crédito.


Na opinião do deputado, as concessionárias afrontam o Código de Defesa do Consumidor (Lei 8078/90) quando estabelecem um prazo de validade para os créditos pagos antecipadamente. Ele destacou que o serviço pré-pago é o mais usado no País e, por isso, precisa de maior proteção legal.


Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em maio de 2007, o Brasil contava com 105 milhões de assinantes de telefonia celular. Destes 80,36% eram optantes do pré-pago (84,4 milhões de clientes).


O projeto tramita em caráter conclusivo e será examinado pelas comissões de Defesa do Consumidor; de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Veja também

Mais Lidas

1
Anastácio

Corpo de ex-presidente da OAB de Aquidauana é encontrado carbonizado na BR-419

2
Anastácio

Suspeito da morte de ex-presidente da OAB é preso no Bairro Alto

3
Aquidauana

‘Muito alegre’: amigos lembram com carinho de Severino Alves de Moura

4
Aquidauana

Jornal divulga matéria e incomoda empresário, que solicita nota de esclarecimento

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,11m
Miranda
7,09m
Paraguai
1,86m

Colunas e Blogs

Manoel Afonso

Odilon lidera, André o mais rejeitado

Robinson L Araujo

TENDO UM SONO RESTAURADOR

Rosildo Barcellos

Pequenas reflexões sobre o Biodireito

Ver Mais Colunas
498110446