A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
16 de Dezembro de 2017
Anuncie Aqui
8500
Turismo

Atletas dão medalha de ouro para cidades brasileiras

1 AGO 2007 - 15h17min
girus

Entre os participantes estrangeiros dos Jogos Pan-americanos Rio 2007, houve quem descobrisse os muitos encantos da Cidade Maravilhosa e ainda aproveitasse para conhecer outras cidades brasileiras. Na volta para casa, atletas, técnicos e demais membros das delegações norte-americana e canadense, por exemplo, vão ter muito o que contar sobre o que viram no Brasil. Das belezas naturais ao povo brasileiro, a unanimidade ficou mesmo por conta da vontade de voltar para conhecer melhor o País.


Os integrantes das delegações foram entrevistados pela equipe do programa de Relações Públicas do Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), que gerou notícias, com foco no turismo, para a imprensa internacional durante o Pan.


"O melhor lugar do mundo para competições é a Praia de Copacabana, com o Pão de Açúcar à frente e o Cristo Redentor olhando por nós." Andy Potts, dos Estados Unidos, medalha de ouro no triatlo


"Nunca competimos num lugar de beleza natural igual a esta." Dan Casaca, remador canadense medalha de ouro na prova de dois sem timoneiro, referindo-se à Lagoa Rodrigo de Freitas


"A vista que se tem daqui da cidade é linda. Também já fui à Praia de Copacabana e gostei bastante." Jared Walls, ginasta canadense, aos pés do Cristo Redentor


"É uma honra poder visitar uma das sete maravilhas do mundo." Kaley Fountain, jogadora de futebol feminino da seleção americana, medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos, aos pés do Cristo Redentor


"O Maracanã é sensacional, a cerimônia de abertura dos Jogos foi emocionante." Becky Edwards, jogadora de futebol feminino da seleção americana, apontando o estádio do alto da montanha do Corcovado


"O Rio de Janeiro é uma cidade para a qual eu gostaria muito de retornar, para poder visitá-la com mais calma". Jillian Ellis, técnica do futebol feminino dos Estados Unidos


"As instalações da Vila Pan-Americana são de primeira classe. Sem falar que as pessoas são muito amigáveis, o povo brasileiro é muito simpático e os voluntários nos dão todo o apoio necessário." Dave Chesler, técnico do time de futebol masculino dos Estados Unidos


"A comida da Vila Pan-Americana é ótima, mas não vinha me apresentando nada de muito novo em relação ao que comemos no Canadá. Até que provei o queijo de coalho. É maravilhoso! Quero saber onde compro, para poder levar para o meu país quando acabarem os Jogos." Max Godin, artilheiro e capitão da seleção canadense de handebol


"O carinho com que todos nos tratam me surpreendeu, embora eu já soubesse que se tratava de um país que recebe muito bem os seus visitantes. Vocês são realmente fantásticos!" Pedro Alvarez, capitão da seleção americana de beisebol, medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro


"Se há outras cidades tão bonitas quanto o Rio, então o Brasil é realmente um paraíso natural!" Pedro Alvarez, capitão da seleção americana de beisebol, medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro


"Da culinária brasileira, o que mais gostei é o açaí. Conheci a fruta porque uma empresa americana importa e, por isso, o açaí já chegou à Califórnia, onde moro. É maravilhoso! Como batido com morango ou banana e ainda não sei qual das combinações é melhor. Já provei o churrasco, mas o açaí é imbatível." Ty Loomis, jogador americano de vôlei de praia


"É a quinta vez que venho ao Brasil. Dos lugares que conheci, considero Salvador o mais especial devido ao Pelourinho. É um lugar fantástico. Tenho admiração por lutas e fiquei encantada com a capoeira, além de toda a arquitetura do lugar." Sarah Maxwell, jogadora de vôlei de praia do Canadá


"O Parque Aquático Júlio Delamare tem excelente estrutura. E as acomodações da Vila Pan-Americana são as melhores em que já fiquei durante competições internacionais." Rosanna Tomiuk, atacante da seleção de pólo aquático do Canadá


"São Paulo é uma cidade cosmopolita como Nova Iorque, com várias opções para os turistas." Danielle Scott-Arruda, jogadora americana de vôlei, medalhista de prata nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em que foi a porta-bandeira da delegação americana na cerimônia de abertura do evento


"O Comitê Organizador (CO-RIO) forneceu tudo o que os atletas precisavam para ter bom desempenho nas provas. O Parque Aquático é lindo e tem instalações de primeiro mundo. As piscinas são excelentes, a torcida é fantástica e o povo brasileiro é muito hospitaleiro." Jessica Rodriquez, nadadora americana que venceu a prova dos 400m livres nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, no dia 18 de julho, quando que completou 17 anos


"A Arena é magnífica, do mesmo nível dos locais que recebem as etapas da Copa do Mundo de Ginástica nos Estados Unidos e na Europa." Shawn Johnson, ginasta americana que ganhou quatro medalhas de ouro (por equipe, individual geral, barras assimétricas e trave) e uma de prata (solo) nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro


"A vista daqui é inacreditável. Do Cristo Redentor, não dá para ver com tanta clareza a Praia de Copacabana, daqui sim." Eli Bremer, pentatleta americano, medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, do alto do Pão de Açúcar


"A paisagem do Rio de Janeiro é linda! Tenho um pouco de medo de altura, mas a vista que temos daqui compensa tudo." Dennis Bowsher, pentatleta americano, do alto do Pão de Açúcar


"Tenho um amigo em Shreveport, Louisiana, que nasceu e tem família no Rio de Janeiro. Ele costuma dizer que a pessoa não vive enquanto não vem ao Brasil. Portanto, sinto-me vivo agora! Fico pensando: por que não falo português? Seria melhor ainda se eu me comunicasse melhor. As pessoas são hospitaleiras. Eu amei estar aqui!" Kendrick Farris, levantador de peso dos Estados Unidos


"As carnes são maravilhosas e a grande variedade de pratos também me impressionou." Jamie Schroeder, remador americano, medalha de bronze no four-skiff, sobre churrascarias rodízio do Rio de Janeiro


"O que gostei mesmo foi do churrasco. Não quero ir embora sem voltar a uma churrascaria". Jason Kruger, jogador de vôlei de praia canadense


"Embora tenha tido muito pouco tempo para conhecer as belezas naturais, pude passar pelas praias e constatar o quanto são lindas. Mas o que me conquistou mesmo foi o jeito das pessoas. Jamais conheci homens e mulheres tão gentis e bonitos. Quero voltar nas próximas férias e fazer amigos brasileiros." Julia Smith, nadadora dos Estados Unidos, que ganhou medalhas de ouro nos 100m costas e no revezamento 4x100m livre


"Experimentei algumas coisas muito gostosas na Vila Pan-Americana. Adorei o tempero que vocês usam na carne vermelha, é muito diferente do usado dos Estados Unidos. Estou curioso para provar mais algumas coisas típicas brasileiras, como caipirinha. Também quero ir a bares de música brasileira. Gostei do povo e será um prazer poder confraternizar antes de voltar para casa." Scott Clary, nadador americano medalha de prata nos 200 metros costas.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

No 'adeus' ao ex-presidente da OAB, família e amigos demonstram revolta com homicídio

2
Aquidauana

Jovem sai para ir ao banco e desaparece em Aquidauana

3
Anastácio

Dentes de ex-presidente da OAB estariam quebrados; laudo da morte sai em 7 dias

4
Aquidauana

Família procura por adolescente de 14 anos sumida há 2 dias em Aquidauana

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
6,11m
Miranda
7,09m
Paraguai
1,86m

Colunas e Blogs

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: ANTES QUE TERMINE O DIA...

Manoel Afonso

Odilon lidera, André o mais rejeitado

Robinson L Araujo

TENDO UM SONO RESTAURADOR

Ver Mais Colunas
498110506