A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de junho de 2019
Anuncie Aqui
9086
Bonito

Audiência pública 'SOS Serra da Bodoquena' cobra aplicação de lei das águas cristalinas

Legislação aprovada há 20 anos proíbe atividades de agricultura na adjacência dos rios e ainda não foi regulamentada

10 DEZ 2018 - 12h02min
Campo Grande News

Aprovada há 20 anos, a lei estadual 1871, de 1998, protege as águas cristalinas dos rios da Prata, Formoso e afluentes. Ainda assim, não foi regulamentada. O assunto foi discutido durante a audiência pública “SOS Serra da Bodoquena”, que ocorre na Câmara Municipal de Bonito durante a manhã desta segunda-feira (10). Deputado estadual, Paulo Corrêa (PSDB) questionou a falta de aplicação da lei.

A audiência pública reúne autoridades que abordam formas de preservar os rios da região. A lama cedeu de duas fazendas, atingiu o Rio da Prata na região de Jardim, a 233 km de Campo Grande, que exibiu águas turvas em novembro. Além do rio da Prata, o Formoso também ficou turvo.

Legislação - A lei define uma faixa de proteção especial de 300 metros de largura, 150 para cada lado da margem dos rios da Pratas, Formoso e afluentes. Nessas faixas, são proibidas atividades de agricultura, extração de madeira, indústria, extração mineral e até mesmo a criação de pequenos animais.

“Fizemos a lei que até hoje não foi regulamentada. Alguém não quer regulamentar. Se 150 metros é muito? Vamos discutir. Mas lei tem que ter. Será que a gente está falando francês?”, comentou Paulo Corrêa, que também questionou a falta de curvas de nível e caixas de retenção nas propriedades da região.

Presidente da Câmara, a vereadora Maria Lúcia Gonçalves de Miranda (PSDB) afirmou que população de Bonito “está imensamente preocupada com o futuro da cidade”. Ela ressaltou que turismo emprega mais de 5 mil pessoas de forma direta e indireta.

A vereadora comentou que vive há 24 anos em Bonito e adquiriu uma propriedade rural onde se encontram os rios Formosos e mimoso. Conforme explicou, a barranca tem 8 metros e com a chuva transbordou mais 2 metros, o que causou preocupação.

Audiência – Durante a audiência, promovem discussões o promotor de Justiça Alexandre Estuqui Junior, o promotor Luciano Furtado Loubet, pesquisadores, Prefeitura e Câmara Municipal.

Propriedades adjacentes aos rios representam parte do problema discutido no encontro. Isso porque a ausência de curvas de nível, faz com que a lama, durante as chuvas, desça e atinja os rios.

A estrutura das estradas também provoca, durante as chuvas, o desabamento de terra. A falta de manejo correto nas propriedades e estradas não é, ainda assim, a única agressão aos rios. Uma grande preocupação é a deterioração da mata ciliar, barreira natural para evitar a degradação do rio e ação direta das chuvas. Além disso, há, também, agressões aos banhados, territórios planos e pantanosos onde nascem os rios como o Prata e Formoso, com a incidência de lavouras.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Advogada é suspeita de ligação com sumiço de cocaína em delegacia

2
Anastácio

Bombeiros encontram corpo de jovem de 25 anos que se afogou no rio Aquidauana

3
Aquidauana

Grupo faz campanha para localizar família de travesti de Aquidauana que morreu na Capital

4
Charges

Luto

Vídeos

Motorista que causou acidente admitiu ter bebido cerveja e não tinha CNH

PRF promove campanha de combate a violência sexual infantil

Portal Atacado • Anastácio MS | Especial Dia das Mães

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min17 max30

Aquidauana

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
min17 max30

Anastácio

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,69m
Miranda
3,48m
Paraguai
5,59m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Tudo...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: MOROS

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5° ENCONTRO RELÍQUIAS DE AQUIDAUANA (7 a 9 DE JUNHO ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 2

Rua Roberto Scaff, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2350
Farmácias e Drogarias

Farmácia Drogana

Rua Estevão Alves Correa, s/n Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2658
Farmácias e Drogarias

Farmaláis

Rua Estevão Alves Corrêa, 2431 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-7439
Ver Mais
508110736