A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
19 de outubro de 2018
Anuncie Aqui
8502
Turismo

Capital planeja ações para incentivar turismo rural

24 AGO 2007 - 09h42min
portal bonito


Campo Grande deverá ter até março de 2008 um novo projeto para o seu turismo rural. Por solicitação da Secretaria Municipal de Fomento, Agronegócio, Indústria, Comércio, Turismo, Ciência e Tecnologia, a prefeitura da Capital abriu processo licitatório para contratar uma consultoria que será responsável pela elaboração do "Plano de Desenvolvimento do Turismo Rural".


A intenção, conforme Rodolfo Vaz de Carvalho, titular da Satur, é de se criar um "projeto pioneiro e inovador para a Capital", permitindo o desenvolvimento e fortalecimento da atividade em fazendas, pousadas, chácaras e outros estabelecimentos da zona rural que já atuam no setor. "Não temos a intenção de apenas aumentar o número de propriedades rurais envolvidas com o turismo, mas de fazer o setor funcionar e permitir um bom retorno financeiro aos empresários", sustentou o secretário.


Carvalho destacou que o papel da consultoria será o de mapear os estabelecimentos que podem oferecer o serviço de forma adequada, apoiando os empresários a operarem no setor. A vencedora da licitação receberá materiais já produzidos pela Satur sobre o turismo rural na cidade, o que deve permitir a aceleração dos trabalhos. "Essa coleta de informações é uma das etapas mais demoradas, mas já está concluída, contando também com a colaboração das faculdades de Turismo da cidade", sublinhou.


O secretário lembrou que já foram realizados vários eventos enfocando o turismo rural, inclusive com a participação de autoridades da área de outras regiões do País. No dia 9 de setembro, quando será entregue o sétimo Centro de Atendimento ao Turista da Capital (na saída para Três Lagoas), a Satur também apresentará o resultado dos estudos conduzidos com as instituições de Ensino Superior sobre o setor na cidade.


Objetivos - Vaz de Carvalho ressalta que Campo Grande hoje se destaca no turismo de eventos, mas possui possibilidades para oferecer outros produtos, que funcionariam como uma alternativa a quem não pode usufruir de atrativos do Estado, como Bonito ou o Pantanal.


"Em 2005, Campo Grande teve um acréscimo de 35% no total de turistas, enquanto o fluxo reduziu em Bonito. Isso prova que não existe uma concorrência. E, justamente para quem vem à Capital e não pode ir a outros destinos do Estado, pretendemos apresentar opções nos arredores da cidade. Isso faz girar a economia e serve como uma apresentação, em proporção menor, do que o Estado tem a oferecer", explicou o secretário.


A licitação será realizada no dia 3 de setembro, às 14h, na sede da prefeitura, com o edital estando à disposição na Central de Compras e Licitações da administração municipal. Após a divulgação da vencedora e formalização do contrato, serão dados seis meses para que os levantamentos feitos pela consultoria sejam concluídos.

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Conhecido por 'Playboy da Mansão', homem é morto a tiros em cachaçaria na Capital

2
Policial

Corpo de rapaz é encontrado baleado e decaptado em Corumbá

3
Policial

Policial diz que 'agradece a Deus por estar vivo' após ataque de pitbull

4
Aquidauana

9º Batalhão de Engenharia de Combate de Aquidauana encena “Travessia do Chaco”

Vídeos

Entrevista com os produtores do Longa-Metragem sobre Sasha Siemel

Tráfego de carretas no cruzamento da Duque de Caxias causa preocupação na população.

4ª Marcha pela Vida - Aquidauana MS

Ver mais Videos

Níveis dos Rios Hoje

Paraguai
3,40m
Miranda
4,16m
Aquidauana
3,06m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Quero...

Robinson L Araujo

A ADOÇÃO QUE NOS TORNA LIVRES

Chico Castro

E AGORA JOSÉ?

Ver Mais Colunas
498110636