A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
22 de agosto de 2019
Anuncie Aqui
8830-->
Esporte & Ecoturismo

Corrida na Rota Boiadeira de Bonito desafia participantes em meio à natureza deslumbrante

Prova terá maior parte na estrada de chão e deverá passar por matas e trajeto com pedras na zona rural

24 JAN 2019 - 13h55min
Redação

A corrida por si só é uma forma de descontração e liberação do estresse. Ao mesmo tempo, condiciona e fortalece o praticante, já que é um estímulo à saúde e ao bem-estar do corpo, da mente e da alma. Agora imagine correr em um local onde a natureza é de tirar o fôlego (literalmente) e ainda tem uma história singular, que remota à época das antigas comitivas de gado em estrada boiadeira a caminho do Pantanal Sul-Mato-Grossense.

Bonito, local considerado sagrado pela biodiversidade e ecoturismo em todo o mundo, será palco da primeira Trail Run – Desafio Boiadeira – que acontece no dia 28 de abril e terá percursos de 5 e 10 quilômetros de distância. A prova já existia na cidade há dois anos (antes apenas em percurso de asfalto), agora é rebatizada com um nome bem condizente ao espírito da nova competição.


Trajeto conta com percurso acidentado e promete muita adrenalina. Foto: Divulgação/Rota Aventura.

Conforme explica Allan Velcic, da Rota Aventura, uma das empresas mais tradicionais de ecoturismo da região e que está à frente da organização do evento, a corrida atravessa, na maior parte do percurso, a trilha boiadeira da cidade, com trajetos de pedras, buracos, matas, subidas e descidas, e promete cativar os aficionados por emoção, aventura e, obviamente, corridas.

“A mudança do percurso da prova em Bonito aconteceu por se tratar de uma cidade de natureza vívida, com matas e ecossistema preservado. Por isso é interessante mesclar asfalto com terra, para que os participantes entrem nesse espírito da competição, do desafio e da superação pessoal”, explica Allan.

Caminho: passa boi... passa atleta!

Allan relembra da importância histórica que a trilha tem em Bonito. Moradores e peões das fazendas da região utilizavam o velho caminho exclusivo para locomoção, numa época em que o desenvolvimento urbano ainda não havia chegado.

“Achamos bem mais interessante utilizar a trilha boiadeira. E quando o competidor entrar na estrada, vai passar por erosões, mata fechada, morros de pedra, inclusive chegará a um dos pontos mais altos da região. Essa foi a nossa ideia: deixar a galera interagir ainda mais com a natureza preservada daqui de Bonito”, ressaltou.

Parte do percuso do Desafio Boiadeira. Foto: Divulgação/Rota Aventura

A estrutura do desafio

Apesar da prova ser uma “trail run”, ou seja, corrida de trilha no meio do mato com estrada de chão, a estrutura do Desafio Boiadeira não deixa a desejar em nada às outras competições de corrida no asfalto, dentro das cidades. Pelo contrário, o estímulo ao rendimento dos atletas acontece também nos pontos de hidratação.

“Haverá um mega suporte, não só na parte dos pontos de apoio com água, mas ofereceremos também gel de carboidrato e isotônico, os quais os atletas vão poder consumir ao longo do percurso. Eles terão um ponto de hidratação a cada 2km de percurso, além de ambulância, enfermeiros e socorristas. Todos os participantes (das provas de 5 e 10km) serão conduzidos por uma equipe especializada com carro de apoio e ciclistas e para dar suporte e segurança durante a prova”, descreveu.

Organização

O evento será realizado pela G2 Esportes, empresa de assessoria e eventos esportivos, pertencente ao Greyk Gourlart, ex-secretário de Esportes de Bonito, com organização de Allan P. Velcic, instrutor de Esportes de Aventura, com 25 anos de experiência no segmento e proprietário da Rota Aventura.

“A junção da G2 Esportes e Rota aventura é justamente fazer dessa prova uma referência no estado. O sucesso de um evento, seja de pequeno ou grande porte, é a estrutura e a atenção que se tem com o atleta. A nossa equipe se preocupa muito com a segurança de todos os participantes e com o bem-estar deles durante o percurso. Nosso objetivo é que a competição fique marcada positivamente em suas vidas e que já pensem na prova do ano seguinte”, finalizou Allan.

Informações

Desafio Boiadeira 2019 – 28 de abril

- 7h - Início da concentração

- 7h30 - Orientação sobre o percurso

- 7h40 - Aquecimento

- 8h - Largada

- 9h30 - Início da entrega de premiação

- 11h - Encerramento

Premiação

Medalhas a todos participantes

  • Troféus do 1º ao 3º primeiros colocados de cada categoria
  • Premiação em dinheiro do 1º ao 5º colocado na classificação geral da prova de 10km
  • Troféus do 1º ao 5º colocado na classificação geral da prova de 5km

Inscrições

www.g2esportes.com.br

Dicas para quem pretende correr a primeira trail na vida

1 – Primeiros passos

Por mais experiente que você seja, é importante procurar uma assessoria esportiva que trabalhe com trail run. As técnicas utilizadas no asfalto nem sempre são úteis entre pedras, galhos, lama e outras adversidades. Além disso, o treinamento é diferente daquele direcionado às ruas.

2 – Treinos puxados

Como não é tão simples encontrar trilhas para treinar durante a semana, você pode incluir rotinas em subidas e descidas (escadas também vale) para ganhar condicionamento. Aos finais de semana, opte por esse treino em pisos irregulares – vale (até) a areia da praia, florestas e trilhas. É importante focar, também, em treinamentos no terreno predominante na prova escolhida. A musculação é outro ponto fundamental – principalmente, dos membros superiores, que costumam ser mais exigidos no trail run. É recomendado, pelo menos, duas vezes por semana.

3 – Estreia

Para fazer sua primeira prova em trilhas, é aconselhável começar leve, com provas, por exemplo, de 6 km. Há uma grande variedade de opções de distância, que vão de 12 km a até 100 km. Vale lembrar que as corridas de trilha, aventura ou montanha são diferentes.

4 – Mudança de pensamento

Ao ingressar no mundo do trail run, é preciso mudar um pouco o pensamento. É normal andar, trotar e correr em um mesmo quilômetro em uma prova de trilha. Com uma boa orientação profissional, você acaba por absorver esse pensamento e, assim, progride na modalidade.

5 – Preparação

A adaptação completa de um corredor para o trail run pode variar, mas dura, em média, seis meses com uma rotina de treinamento específica.

6 – Equipamentos indispensáveis

Diferente da corrida de rua, onde apenas calçar o tênis e vestir uma roupa confortável é necessário, alguns itens são fundamentais para o novo desafio. Os tênis, por exemplo, têm o solado diferente dos tradicionais modelos de corrida.

(Fontes: José Virgínio de Morais, diretor técnico da JVM Trail Run, de São Paulo; Nelson Evêncio, diretor técnico da Nelson Evêncio Assessoria Esportiva, em São Paulo/Ativo.com)

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Homem se engasga com laranja em casa e morre a caminho de Hospital

2
Bodoquena

Mudança de Carlinhos para os Estados Unidos transformou a vida de toda família

3
Anastácio

Rapaz é preso por suspeita de estupro de vulnerável de menina de 11 anos em Anastácio

4
Região

Animais silvestres morrem queimados e incêndio pode ter sido criminoso

Vídeos

Wild Camp reúne apaixonados por Kombi neste fim de semana em Camisão

Wild Camp reúne apaixonados por Kombi neste fim de semana em Camisão

Gaeco apreende 26 armas, munições e documentos que já estão na Delegacia de Aquidauana

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max35

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max35

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,24m
Miranda
2,21m
Paraguai
3,58m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Quando...

Raquel Anderson

Aquidauana

Fausto Matogrosso

ATÉ QUANDO?

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Escolas Municipais

Escola Municipal Ada Moreira Barros

End: Rua João Ferreira Hormondes, s/n Distrito de Cipolândia - 79208-000 Aquidauana/MS (67)
Auto Elétrica/Oficinas

Auto Peças Nossa Senhora de Fátima

Av. Integração, 197 Centro - 79210-000 Anastácio/MS (67) 3245-0046 / 324
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 2

Rua Roberto Scaff, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2350
Ver Mais
508110691