A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
17 de junho de 2019
Anuncie Aqui
9078
Turismo

Crise aérea reduz entre 30% e 40% turismo de eventos em Florianópolis

31 JUL 2007 - 10h02min
assessoria de imprensa

O caos aéreo que toma conta do país atingiu o setor de eventos em Florianópolis. Congressos foram cancelados ou transferidos, e os que estão acontecendo, registram queda no número de participantes. A presidente do Florianópolis Convention & Visitors Bureau (FCVB) - entidade que representa as empresas da área - Carmen Maria Peters, calcula que o número de cancelamentos esteja entre 30% e 40%. "No meu hotel, por exemplo, havia um evento de Campinas, São Paulo, que não vai mais acontecer. E não podemos fazer nada, afinal, a culpa não é deles", diz.


A dirigente explica que os prejuízos são grandes, principalmente para os hotéis, que deixam de faturar com o evento em si e também com a suspensão das hospedagens. O mais grave, segundo Carmen, é que ocorre um efeito cascata, já que o setor de eventos movimenta dezenas de empresas. "É o restaurante que não fará mais o jantar de confraternização, a empresa de transporte que não terá quem atender, a locadora de equipamentos que fica sem o serviço, o comércio que não receberá o turista, e assim por diante. Todos perdem", conta.


Uma alternativa à crise, segundo a presidente do FCVB, é o turismo de proximidade, ou seja, a captação de eventos e visitantes do próprio Estado, além do Paraná e Rio Grande do Sul, em que o transporte pode ser feito por via rodoviária. Neste sentido, o FCVB desenvolve um projeto intitulado "Venha Viver Florianópolis e Região", que consiste na divulgação da cidade pelo interior do Estado. O trabalho começou em março e já passou pelos municípios de Joaçaba e Jaraguá do Sul. Até o final do ano acontecerá em Joinville, Criciúma, Blumenau e Chapecó.


Nos hotéis de Florianópolis o clima é de apreensão, já que o turismo de eventos é o principal negócio da baixa temporada, respondendo por até 80% da ocupação. No Costão do Santinho Resort vários eventos nacionais e internacionais previstos para os próximos meses estão sendo cancelados. Já os que estão confirmados, registram queda de 70% no número de participantes, segundo o diretor comercial adjunto, Rafael Pires. "Só no mês de agosto, três mil pernoites deixarão de ocorrer", diz. Ele calcula que no segundo semestre a queda deva ser drástica, já que houve redução de 75% nos bloqueios para o período.


No Bristol Multy Castelmar Hotel dois eventos, que trariam 120 pessoas ao todo, já foram transferidos e houve queda de 20% na procura, de acordo com a coordenadora do departamento de eventos, Janaína Perez. "Ninguém quer marcar nada porque não sabem o que pode acontecer", afirma. Segundo ela, os eventos mantidos tiveram queda de pelo menos 15% no público esperado.


A situação também é crítica no Jurerê Beach Village, onde a queda na procura por eventos chega a 50% para os meses de agosto e setembro. O coordenador de eventos do hotel, Victor Chedid, conta que não houve cancelamento de eventos até agora, mas sim redução no público participante. Um exemplo é um congresso nacional de direito de energia, que reduziu o número de participantes de 180 para 150 e pode cair para 100. Para o segundo semestre a preocupação é grande, já que 80% da ocupação do hotel neste período é com eventos. "A saída será buscarmos eventos dos estados vizinhos", diz.


A preocupação do trade turístico não se limita ao turismo de eventos. Existe um forte temor de que a crise aérea se estenda até o final do ano e comprometa as viagens de final de ano e Verão. A presidente do FCVB, Carmen Maria Peters, que é proprietária do Hotel Baía Norte, conta que algumas reservas de Réveillon já foram suspensas.


O Costão do Santinho, por sua vez, vai reforçar a mídia nos mercados mais próximos: Sul do Brasil, São Paulo e Mercosul. "Haverá reforço de mídia nos mercados mais próximos, e os mercados nacional e internacional mais distantes ficarão em segundo plano. Estamos priorizando os clientes que chegam de carro ou ônibus", conta. 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Jovem de Dourados desaparece nas águas do Aquidauana

2
Aquidauana

Identificada vítima de Dourados desaparecida no rio Aquidauana

3
Aquidauana

Homem agride ex-mulher e rasga as roupas dela durante churrasco

4
Aquidauana

Jovem de 25 anos causa confusão em festa e é presa por chamar policial de otário

Vídeos

Motorista que causou acidente admitiu ter bebido cerveja e não tinha CNH

PRF promove campanha de combate a violência sexual infantil

Portal Atacado • Anastácio MS | Especial Dia das Mães

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min20 max33

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max33

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,69m
Miranda
3,48m
Paraguai
5,59m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

A...

Giovani José da Silva

HISTÓRIAS DE ADMIRAR: MOROS

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

5° ENCONTRO RELÍQUIAS DE AQUIDAUANA (7 a 9 DE JUNHO ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Bares/Panificadoras/Lanchonetes

Conveniência Millênium

Rua Sete de Setembro, s/n Guanandy - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-6346 / 840
Hotéis

Hotel Aquidauana Palace

R. Manuel Antonio Paes de Barros, 904 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-1492/ 1602
Restaurantes

Restaurante Fogão Caipira

Bichara Salamene, 47 Aquidauana/MS 67 999359420 https://www.facebook.com/fogao.caipira.547
Ver Mais
508110472