19 de outubro de 2021
Anuncie Aqui
Carne Fraca

Governador: carne brasileira não deve ser criminalizada e produto de MS tem qualidade

Reinaldo disse que a carne produzida em Mato Grosso do Sul tem marca de qualidade no Brasil e no exterior e que o produto não deve ser criminalizado

20 MAR 2017 - 14h55min
Subcom

O governador Reinaldo Azambuja voltou a se posicionar sobre as investigações da Polícia Federal no âmbito da Operação Carne Fraca, deflagrada na semana passada para desarticular uma organização criminosa de fiscais agropecuários e empresários de frigoríficos que facilitavam a produção e comercialização de produtos adulterados. Nesta segunda-feira (20), durante evento que reuniu autoridades da Segurança Pública em Campo Grande, Reinaldo disse que a carne produzida em Mato Grosso do Sul tem marca de qualidade no Brasil e no exterior e que o produto não deve ser criminalizado, de nenhuma forma.

Delivery Amorim_11

“Acredito que aqueles que fizeram coisa errada, tanto por parte dos fiscais, quanto dos frigoríficos, devem ser punidos. Mas a carne brasileira não deve ser criminalizada. Principalmente a de Mato Grosso do Sul, que tem uma marca de qualidade no mercado nacional e internacional . Temos certeza que vamos, no devido tempo, restabelecer e mostrar ao mundo a qualidade da carne brasileira. Precisamos de muita serenidade nesse momento. Temos uma preocupação enorme quanto a questão da sanidade e excelência de produtos. Nosso Estado e País demoraram anos para conquistar esse posto de referência e vamos mostrar que o serviço de vigilância animal e vegetal funcionam bem, que nossa carne é segura e que o consumidor pode ficar tranquilo”, afirmou Reinaldo.

A operação da Polícia Federal identificou irregularidades em três frigoríficos com unidades em 12 estados brasileiros. Nenhuma delas fica em Mato Grosso do Sul. Essa condição foi ressaltada pelo governador de Mato Grosso, Pedro Taques, que também participou da reunião da segurança em Campo Grande e lembrou que não foram constatadas fraudes nos dois estados.

“Nossos institutos de defesa sanitária trabalham em conjunto. Mato Grosso tem 30 milhões de cabeças de gado bovino e Mato Grosso do Sul tem cerca de 21 milhões. Nossa carne tem rastreabilidade e certificação. Queremos que o cidadão tenha tranquilidade nesse momento e que os que foram envolvidos, que são um número bem pequeno, sejam responsabilizados. Não podemos generalizar. Os inocentes não podem pagar pelos culpados”, afirmou Taques.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Familiares informam velório de Joséfa Maria

2
Policial

Após temporal, idoso escorrega de telhado e morre

3
Policial

Homens são presos com pintados fora da medida em camionete

4
Policial

Homem é preso ao tentar fugir de bar sem pagar a conta

Informe Publicitário

Informe

Drogaria Aquidauana: há 8 anos protegendo sua família

Previsão do Tempo

min20 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Como...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AI de ti, AQUIDAUANA!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Restaurantes

Joinha Restaurante e Pizzaria

Rua Antonio João, 443 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 5754
Advocacia

Sortica & Santos Associados / Ary Sortica dos Santos Junior

Rua Augusto Mascarenhas, 506 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3122/3241-
Confecções

Rocha Forte

Rua Duque de Caxias, 791 Centro - 79200000 Aquidauana/MS (67) 3241-4801
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo