31 de outubro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Pecuária

Ministério da Agricultura adia retirada da vacinação contra febre aftosa

Pandemia do novo coronavírus é uma das justificativas

18 JUL 2020 - 09h40min
Governo de MS

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), adiou a retirada da vacina contra a febre aftosa prevista para 2021, com a justificativa de que em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) o andamento das ações e medidas que estavam em execução nos estados teriam sofrido prejuízos.

A informação foi repassada nesta quarta-feira (15), pelo diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, Geraldo Moraes, durante videoconferência que reuniu representantes dos Serviços Veterinários Oficiais e da iniciativa privada dos dez Estados que compõem o Bloco IV do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (2017-2026) – PNEFA.

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Iagro, tem posição contrária ao adiamento e defende a proposta inicial do Mapa, de retirada da vacinação no segundo semestre de 2021.

O Estado faz parte do Bloco IV, junto com Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Sergipe, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal e, que através do diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold, reafirmou o posicionamento  favorável de Mato Grosso do Sul à manutenção do calendário de retirada da vacina em 2021.

Ingold, assim como o titular da Semagro (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e presidente do Comitê, secretário Jaime Verruck, acredita que o Estado tem todas as condições de dar continuidade as ações do plano. “Mesmo com a situação da pandemia nosso grupo gestor vinha mantendo o cronograma e avançando nas ações que levarão à mudança de status para ‘livre de aftosa sem vacinação’. A mudança é uma condição aguardada com grande expectativa pelos produtores que, parceiros, vem cumprindo com o que lhe é demandado”, comentou.

Na Avaliação de Verruck, Mato Grosso do Sul teve uma evolução significativa dentro de todas as metas e ações estabelecidas, desde a última auditoria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o que oferecia confiança e segurança para continuar com a meta de retirada da vacina no próximo ano.

Reforçando a condição propicia para que o calendário não sofresse alterações, Verruck lembra os avanços no setor de tecnologia da informação citando, importantes ações como o recadastramento de propriedades e estoque (baseado no CAR) que deixa clara a interação das instituições e todo sistema de inteligência; os avanços no setor de infraestrutura, fatores estruturantes (capacitação, aquisição de veículos), a implementação do rastreamento de veículos e rastreamento de cargas e bovinos.  

A reunião virtual de quarta-feira contou com dois representantes de cada um dos Estados do Bloco IV, dirigentes e técnicos do Ministério da Agricultura, além de representantes das Federações de cada Estado.

PNEFA

O Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) tem como objetivo principal “criar e manter condições sustentáveis para garantir o status de país livre da febre aftosa e ampliar as zonas livres de febre aftosa sem vacinação, protegendo o patrimônio pecuário nacional e gerando o máximo de benefícios aos atores envolvidos e à sociedade brasileira”. Foi delineado para ser executado em um período de 10 anos, iniciando em 2017 e encerrando em 2026.

Está alinhado com o Código Sanitário para os Animais Terrestres, da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), e com as diretrizes do Programa Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa (PHEFA), convergindo com os esforços para a erradicação da doença na América do Sul. Um dos seus objetivos é a substituição gradual da vacinação contra a febre aftosa, em todo o território brasileiro, que implica na adoção de diversas ações a serem desenvolvidas em âmbito municipal, estadual e nacional, com o envolvimento do Serviço Veterinário Oficial (SVO), setor privado, produtores rurais e agentes políticos.

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Ousadia: Ladrões tentam furtar piscina de casa em reforma em Aquidauana

2
Aquidauana

Aquidauanense Thayza Nara lança música inédita em plataformas digitais

3
Policial

Guardas apreendem moto com R$ 400 mil em multas em MS

4
Anastácio

Forno superaquece e provoca incêndio em padaria de Anastácio

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min21 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min21 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
4,50m
Miranda
3,59m
Paraguai
(-) 24

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Nossa...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"A VIDA ÍNTIMA DE LAURA"

Manoel Afonso

Amplavisão 1432 – Você concorda com o que disse Vo...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Viviane A. N. Contente - Nefrologista

Manoel Antonio Paes de Barros, 844 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8816
Farmácias e Drogarias

Farmácia Pantanal

Rua Bichara Salamene, 1633 Bairro da Serraria - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-8712
Advocacia

Dr. Douglas Melo Figueiredo

Rua Manoel Antonio Paes de Barros, 415 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-4900
Ver Mais
Fale com a redação