A edição digital do jornal O Pantaneiro é restrita para assinantes.Assine
01 de junho de 2020
Anuncie Aqui
-->
Agronegócio

Status de livre de febre aftosa sem vacinação vai potencializar o mercado de proteína animal do MS

23 MAR 2020 - 10h26min
Da Redação

Elevar o patamar de segurança alimentar e a capacidade de conquistar novos e exigentes mercados mundiais com sustentabilidade. Esses são os principais objetivos do Plano Estratégico do PNEFA (Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa), cujas metas e ações serão intensificadas a partir de 2020 em Mato Grosso do Sul. Este é o assunto especial do Mercado Agropecuário desta segunda-feira (23).

Como 2º maior produtor e 5º maior exportador de carne bovina do Brasil, conforme dados do MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços), o estado é referência mundial no setor. Por esses motivos, segundo o gerente técnico do Sistema Famasul, José Pádua, as ações previstas no plano estratégico são de extrema importância para a economia e o segmento de proteína animal sul-mato-grossenses.

“Gerir com mais eficiência os riscos da reintrodução da febre aftosa; melhorar as condições para detectar precocemente casos suspeitos da doença; sanar eventuais ocorrências de forma rápida e eficiente; garantir mercado. Esses são alguns dos benefícios do plano estratégico”, explica.

Sob coordenação do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), o PNEFA estabelece vacinação contra febre aftosa até maio de 2021 e prevê o reconhecimento de país livre de febre aftosa sem vacinação em 2023.

Pádua ressalta que a retirada da vacina da febre aftosa e o reconhecimento internacional pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) como área livre de febre aftosa sem vacinação oportuniza mercados e impulsiona a economia do estado.

O Brasil já alcançou a condição de líder mundial na produção de proteína animal e na exportação de seus produtos. MS, que já tem papel importante nessa trajetória, pode ampliar ainda mais essa participação. 

“Ao adquirir o reconhecimento de país livre de febre aftosa sem vacinação pela OIE, teremos a oportunidade de aumentar a exportação de carnes e de negociar melhor nossos produtos, buscando preços no mercado mundial. A bovinocultura de corte brasileira já faz um bom trabalho sanitário, e a retirada da vacina, trará mais credibilidade perante os mercados internacionais que buscam intensamente por segurança alimentar”.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Na 'boca do coalhada', polícia prende traficante e apreende R$ 400 em Aquidauana

2
Coronavírus

MS tem quase 1,5 mil casos, 20 mortes e Aquidauana entra na lista de dados da SES

3
Aquidauana

Colisão entre carro e moto termina com jovem ferida em Aquidauana

4
Aquidauana

Rompimento de adutora deixa oito bairros sem água em Aquidauana

Vídeos

Cães encontram droga escondida em estofado de veículo

Morador de Taunay encontra jaguatirica morta às margens da BR-262

Bombeiros de Aquidauana estão na operação para controle de grande incêndio no Pantanal

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min14 max26

Aquidauana

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
min14 max26

Anastácio

Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
3,44m
Miranda
4,80m
Paraguai
1,89m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

É...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"CITAÇÕES DE CLARICE LISPECTOR"

Robinson L Araujo

EM TEMPOS DE PANDEMIA, O LAR DEVERIA SER O MELHOR REFÚ...

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Distribuidoras de Gás

Disk Gás Ultragás

Av. Manoel Murtinho, 1035 Centro - 79210-000 Anastácio/MS (67) 3245-3333
Auto Posto

Posto Petrosul

Marechal Mallet, 533 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2174
Pousadas

Fazenda Santa Sophia

Rio Negro, - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3686-2025
Ver Mais