19 de outubro de 2021
Anuncie Aqui
Protesto

Auxiliares da Educação apontam descaso de prefeito de Anastácio e pedem melhoria salarial

Servidoras apontam que salários são muito menos do que da mesma categoria em Aquidauana

1 OUT 2018 - 08h31min
Redação

Protesto pacífico em frente à Prefeitura Municipal de Anastácio acontece desde às 7 horas da manhã e reúne servidoras no administrativo da Educação que reivindicam melhorias do Plano de Cargos e Carreira e piso salarial.

Delivery Amorim_11

Conforme Dilma Gomes da Silva, professora, secretária-geral da CUT – MS, diretora do Serviço Público Nacionais e Fetam – Federação dos Trabalhadores Públicos de Mato Grosso do Sul, as instituições estão em concentração em frente à Prefeitura Municipal de Anastácio e em apoio ao movimento dos administrativos em educação do serviço público.

“Estamos reivindicando a valorização dos profissionais em educação do município, o Plano de Cargos e Carreira e o piso salarial hoje em Anastácio é baixíssimo, há anos sem recomposição salarial e estamos aqui pois as trabalhadoras tentaram falar com o prefeito Nildo Alves de Albres junto com o sindicato e não conseguiram”, explicou.

Para Dilma, a manifestação acontece pacificamente porque não houve essa negociação. “A reivindicação é porque também nós temos as auxiliares de maternal, efetivas dentro de uma sala, onde ajuda-se os professores com os alunos. A Prefeitura também está contratando pessoas com salários diferentes, melhores, ou seja, o salário de contratado está maior do que o do efetivo.”

As manifestantes deverão permanecer em frente à prefeitura pela manhã e à tarde constituirão um projeto que será apresentado para o prefeito do Plano de Cargos e Carreiras do efetivo administrativo em Mato Grosso do Sul. O movimento acontecerá o dia todo.

A secretária-geral da CUT-MS afirma que a intenção do movimento é que as administrativas possam sair da invisibilidade, já que conversando não teve efeito. “O prefeito precisa enxergar a nossa reivindicação.”

Para Geovânia, auxiliar materno infantil, todas as auxiliares estão muito entristecidas com essa situação. “Tentamos falar com o prefeito há 1 ano e meio. Temos documentos protocolados dessas tentativas, mas infelizmente não tivemos retorno. A Prefeitura quer mostrar para a sociedade que nada disso está acontecendo, mas nós sabemos que não é isso que acontece, só a gente entende as dificuldades do dia a dia em sala de aula. Não temos reconhecimento, valorização. As auxiliares de Aquidauana, por exemplo, têm salário muito maior do que o nosso. É um descaso dessa gestão com a nossa categoria”, desabafou.

*Com informações de Ivynara Dias.

 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Familiares informam velório de Joséfa Maria

2
Policial

Após temporal, idoso escorrega de telhado e morre

3
Policial

Homens são presos com pintados fora da medida em camionete

4
Policial

Homem é preso ao tentar fugir de bar sem pagar a conta

Informe Publicitário

Informe

Drogaria Aquidauana: há 8 anos protegendo sua família

Previsão do Tempo

min20 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min20 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
2,01m
Paraguai
0,19m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Aliás...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AI de ti, AQUIDAUANA!

Gabriel Novis Neves

MANIA NOVA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Advocacia

Heber Seba Queiroz

Rua Marechal Mallet, 398 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-9999 / Cel
Médicos

Essi Manoel Legal - Clinico Geral

Rua 7 de Setembro, s/nº Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2558
Pousadas

Pousada Mangabal - Nhecolândia

, - Aquidauana/MS (55) (67) 3356-1413 www.pousadamangabal.com.br
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo