X
Denúncia

Estagiárias não recebem e são ameaçadas de demissão em Anastácio

A profissional conta que as vagas foram oferecidas pela Semed nas redes sociais

Uma estagiária de 31 anos, que prefere não se identificar, afirma que a equipe sofre com a falta de pagamento, na prefeitura de Anastácio.

Ao O Pantaneiro ela afirma que a procura por estagiários foi feita pela Semed, procurando “acadêmicos de licenciatura para estágio remunerado na área da educação infantil, sem ter necessidade de estar cursando pedagogia”.

“Fomos até a Semed preencher um formulário. Após a seleção fomos contratadas e depois de uns dias, fomos solicitadas a assinar o contrato com o CIEE, empresa terceirizada. A maioria começou o estágio em abril. Em maio começou essa novela do pagamento, que perdura até hoje”, diz a mulher.

A estagiária disse que sofre com o pagamento parcial e alega que o valor oferecido é baixo.

“O salário é bem abaixo do mínimo ainda fazem isso conosco, que estamos lá todos os dias cumprindo nossas obrigações. Somos ameaçadas de demissão. Estamos entre a cruz e a espada literalmente”, diz a mulher.

A reportagem do Pantaneiro procurou o CIEE que afirmou durante o começo da semana, que o pagamento seria feito no dia 20 deste mês.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Educação

Professores de instituições federais de ensino entram em greve

Comando de greve será instalado hoje às 14h30 na sede da Andes

Meio ambiente

Brasil precisa recuperar 25 milhões de hectares de vegetação nativa

Meta de 12 milhões deve ser cumprida até 2030

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo