22 de setembro de 2020
Anuncie Aqui
-->
Homenagem

Aquidauana 128 anos: lar de pessoas hospitaleiras e unidas

15 AGO 2020 - 05h00min
Kamila Alcântara

Nossa terra querida está completando 128 anos neste sábado (15). Histórias infinitas o antigo Rio Moboteteu tem para nos contar, mas será que ele sabe nos dizer de onde vem o amor por esse lugar? Será que é o próprio Rio que nos encantou, talvez o luar ou a comida? Só sabemos que quem chega a Aquidauana firma raízes e não quer mais sair.

Aquidauana surgiu, primeiramente, como um vilarejo do município de Miranda, a 12 km do porto Santiago de Xeres, formado principalmente por soldados que participaram da Guerra do Paraguai.

Foi em 1892, às margens do atual Rio Aquidauana, que um grupo formado pelo major do Exército Teodoro Rondon e pelos coronéis João d'Almeida Castro, Augusto Mascarenhas, Estevão Alves Corrêa, Manuel Antônio Paes de Barros, além dos fazendeiros, que a cidade se fixou.

Quem nasceu aqui acredita que esse fortalecimento, dos pioneiros aquidauanenses, que deu origem as principais características da nossa gente: a união e hospitalidade para o crescimento em conjunto de toda uma comunidade.

“Ser aquidauanense é a melhor coisa do mundo! Desde que quando ela foi fundada, desde o início, todo mundo se ajuda. União e hospitalidade foram crescendo entre a gente, por isso sempre damos carinho a tosos que chegam aqui, por isso não vão mais embora. Se apegam de uma forma inexplicável”, acredita dona Jandira Trindade, de 87 anos, nascida e criada aqui.

Com a chegada do Trem do Pantanal, a rodovia NOB, Aquidauana se desenvolveu a ponto de ser a cidade com maior potencial na região sul do Estado do Mato Grosso, sendo a primeira do MT a ter energia elétrica e cinema de tela panorâmica. 

Nossa cidade exala desenvolvimento, sem deixar as belezas do cerrado e a maravilha do rio se perderem. Só que é impossível esquecer que os 128 anos de Aquidauana está sendo marcado por perdas, em que só ao fim da pandemia poderemos dizer quais outras histórias o Rio Aquidauana vai contar para as próximas gerações.

“Acho que cada pessoa terá uma história de perda, de alguém próximo ou não. Hoje perdemos o Geraldo Vória para pandemia... É muito difícil saber como que a cidade vai ficar no futuro, só quando o vírus passar”, concluiu dona Jandira. 

 

 

Veja também

Mais Lidas

1
Policial

Aquidauanense morre atingido por facada após discussão em Sidrolândia

2
Aquidauana

LUTO: Morre Dona Ilda, conhecida cantineira da escola Irene Cicalise

3
Aquidauana

Família instala outdoor e pede justiça em caso de PMA morto por colega em Aquidauana

4
Dois Irmãos do Buriti

Paixão pela cutelaria tornou-se profissão de jovem de 18 anos

Vídeos

Incêndio de grandes proporções consumiu atacadista, em Campo Grande

Em mais um acidente na MS-450, bombeiros resgatam vítima das ferragens

Onça-parda é flagrada 'passeando' por bairro e assusta moradores

Ver mais Videos

Previsão do Tempo

min16 max30

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.
min16 max30

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Chove rápido durante o dia e à noite.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,99m
Miranda
1,83m
Paraguai
1,01m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Talvez...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

"UMA APRENDIZAGEM ou O LIVRO DOS PRAZERES"

Flavia Rohdt

Aldravia 25 #PantanalemChamas

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Médicos

Nei Pires Borges - Ortopedista

Rua 7 de Setembro, 486 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-2062
Auto Posto

Posto Jato

Av. Dr.Sabino, 161 Bairro Alto - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2354 / 324
Restaurantes

Restaurante Fogão Caipira II

Rua Estevão Alves Corrêa, 1741 - Bairro Alto Aquidauana/MS 67 99903-6077 https://www.facebook.com/fogao.caipira.547
Ver Mais
Fale com a redação