01 de agosto de 2021
Anuncie Aqui
Despedida

Centenária, "Tia Ativa" partiu após encontrar em Aquidauana a alegria de uma vida

O sepultamento ocorreu no cemitério municipal no final da manhã de terça-feira

6 MAI 2020 - 08h18min
Da Redação
Com uma notícia triste aos familiares, mas que traz uma grande inspiração a todos nós neste período de pandemia, informamos o falecimento ocorrido nesta terça-feira, 05 de maio, da senhora Maria das Dores da Conceição, após uma semana internação no Hospital Funrural de Aquidauana.
 
Aos 105 anos, a Pernambucana possuía o documento de identidade que comprovava o seu nascimento ocorrido em 15.01.1915 na cidade de Lagoa dos Gatos. Como era muito comum na época, casou-se bem nova e foi viver no município de Belém de Maria (PE) e não conseguiu ter mais contato com os seus pais e irmãos.
 
 
Uma separação ainda maior iria ocorrer na família dela. Assim como ela, que era a irmã mais velha, a caçula Arlinda Maria, também casou-se, mas seu destino após o casamento foi o município de Aquidauana (MS), um refúgio de esperança de desenvolvimento a muitos nordestinos na época.
 
Cerca de 50 anos separaram as duas irmãs que nunca mais tiveram notícias uma da outra após os seus matrimônios. Não viram o nascimento e o crescimento de seus sobrinhos, não compartilharam suas conquistas nem a tristeza do falecimento de seus companheiros e até dos seus descendentes. Dos seis ou sete filhos que Maria das Dores teve, apenas uma ainda está viva.
 
Mas foi com a ajuda da tecnologia, mais precisamente das Redes Sociais que um reencontro pode enfim, acontecer após cinco décadas. A partir de troca de mensagens pelo Facebook e muitas expectativas para verem a alegria das irmãs, em 2016, com a ajuda da família, a aquidauanense Arlinda viajou em companhia da neta para o nordeste para rever a irmã. Quando se viram, nunca mais conseguiram se separar e, na hora da partida, Maria das Dores estava decidida a voltar junto com a irmã para também viver em Aquidauana.
 
Maria e sua irmã Arlinda (Foto: Arquivo pessoal)
Se fizermos as contas, ela já chegou na cidade com mais de cem anos e com muita história para contar. Realizou o sonho de conhecer cada um dos membros da família e parecia saber aproveitar os momentos de prazer com muita cantoria e a dança de um bom forró de serra. Católica fervorosa, fazia questão de frequentar as missas dominicais na Comunidade Perpétuo Socorro, no Bairro Alto, em posse de seu terço e véu, como nas antigas tradições.
 
Nos últimos dias antes de partir, em tom de despedida, ela disse a sua irmã Arlinda que passou os momentos mais alegres de sua vida em Aquidauana. Agradeceu todo o carinho recebido e partiu na madrugada de ontem (5). O sepultamento ocorreu no cemitério municipal no final da manhã. Ela deixa uma filha, netos e bisnetos.

 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Polícia Ambiental autua dois homens por caça ilegal de porcos silvestres

2
Geral

Acidente na Estrada do Pequi deixa uma pessoa ferida

3
Miranda

Comerciante de munições é denunciado pela própria filha

4
Geral

De office boy a secretário de finanças, Adriano tem a caminhada da vida recheada de orgulho

Informe Publicitário

Informe

De barraca a supermercado, poema conta história da Rede Atlântico

Previsão do Tempo

min13 max28

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min13 max28

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
1,88m
Miranda
1,70m
Paraguai
1,00m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

inicia...

Rosildo Barcellos

Aruanã Etô – É o lugar das máscaras !

Gabriel Novis Neves

A GRATIDÃO TAMBÉM É VIRTUDE ETERNA

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Pousadas

Pousada das Amoras - Nhecolândia acesso pela Estrada do Taboco

Rod. MS 419, KM 95, Zona rural - CX Postal nº 39 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3245-0134/ 3245 www.pousadadasamoras.com.br
Escolas Particulares

Escola Dom Aquino

Rua Marechal Mallet, 2000 - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 4799
Ponto de Táxi

Ponto de Táxi Nº 6

Praça Afonso Pena, s/n - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 2774
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo