X

Comerciante foi autuada pelo corte de árvores em Aquidauana / PMA

Uma comerciante de Aquidauana foi autuada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) após cortar cerca de 70 árvores nativas em reserva legal e área de conservação ambiental do município.

Conforme informações colhidas pela equipe de reportagem de O Pantaneiro, o corte foi das árvores nativas vitalizadas das essências de aroeira, guatambú, louro preto, carvão branco e angico, cortadas em sua maior parte dentro da reserva legal da propriedade.

As árvores foram transformadas em esteio, palanques, lacas, tábuas e vigas; e após a costatação do fato e não autorização ambiental para o corte a Polícia agiu e autuou a mulher.

A PMA apreendeu 04 motoserras e 37m³ de madeira beneficiada do corte.

Leis de crimes ambientais

O artigo 38 da lei contra crimes ambientais diz que destruir ou danificar floresta considerada de preservação permanente, mesmo que em formação, ou utilizá-la com infringência das normas de proteção pode dar pena que vai de detenção, de um a três anos de detensão, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 56 milhões

O sorteio será realizado às 20h, no horário de Brasília

Trânsito

Carro capota após bater em viatura da PC em Bonito

Motorista teria furado preferencial

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo