X
Artes

Das telas a estátuas, aquidauanense impressiona com a diversificação da sua arte

Reinaldo Lourenço

O aquidauanense Júlio Mendonça abriu a sua casa e mostrou para O Pantaneiro as diferentes formas que consegue expressar o seu dom para arte. Apaixonado por desenho desde criança, todo tempo livre que tem ele usa para pintar.



Júlio conta que sempre se destacou nas aulas de artes, na época da escola, pois tinha muita facilidade com os traços a mão livre. Na época, lápis e borracha eram as principais matérias primas.

“Desde cedo eu percebi que a arte não ia dar dinheiro, mas eu pinto e desenho porque sinto necessidade, é algo que eu gosto de fazer em todo meu tempo livre. Faço para a minha casa mesmo, as vezes posto nas redes sociais e as pessoas se interessam”, comenta o, hoje, agente administrativo.



Seu dom não ficou só nas telas e papeis, migrando para muros de espaços públicos, azulejos pintados com os dedos e até restauração de santos para igrejas católicas. Essas restaurações não ficaram apenas aqui na nossa região, seu talento alcançou paróquias de outros municípios.



“A santa de Piraputanga eu restaurei umas duas vezes. Agora estou trabalhando na restauração para uma igreja e Miranda e outra de Ponta Porã”, destaca. Conheça os talentos de Júlio Mendonça em suas redes sociais e você também pode adquirir umas das suas lindas peças.


Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Emprego

Fundação de Saúde amplia para 142 vagas de enfermeiros para o Hospital Regional

Foi ampliado em mais 20 o quantitativo de vagas oferecidas no processo seletivo

Dia do amigo

Boas amizades são importantes para a saúde

Especialistas falam dos benefícios da amizade, comemorada no dia 20 de julho, amanhã

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo