15 de junho de 2021
Anuncie Aqui
-->
Protesto

Família de indígena que morreu em hospital realiza manifestação em Aquidauana

14 MAI 2021 - 17h46min
Da redação com informações de Cristiano Arruda
Com faixas e cartazes, familiares e amigos da indígena Ruthe Luiz Mendes, 38 anos, realizaram na tarde desta sexta-feira (14), uma manifestação em frente ao Hospital Regional de Aquidauana. Grávida, a mulher morreu há exatos dois meses na unidade após um procedimento cirúrgico. 
 
Ao jornal O Pantaneiro, o marido Elciney Paiz Flores, acredita que esposa e filho morreram devido a um erro médico. 
 
“Após a morte da minha esposa, se quer recebemos uma ligação ou mesmo apoio do Hospital. Inclusive, desconhecemos se de fato foi aberto algum procedimento administrativo interno para apurar o que aconteceu. Apenas nos informaram que o médico que realizou o procedimento nela [Ruth] está afastado de suas funções na unidade de saúde”, detalha. 
 
Abalado, Elciney diz que já registrou boletim de ocorrência, buscou atendimento da Defensoria Pública de MS, Ministério Público do Estado e Ministério Público Federal. 
 
“Acordo chorando todos os dias. Quero Justiça. Aproveito também para cobrar os vereadores do município que, compõe a comissão de saúde para assim como eu cobrarem respostas do que aconteceu”, disse. 
 
Questionado sobre os passos seguintes, Elciney revela que, caso continue sem uma resposta efetiva a próxima manifestação contará com “os guerreiros indígenas”.
 
Outro lado
 
Por telefone, o jornal O Pantaneiro entrou em contato com a administração do hospital que, informou estar enviando todos os documentos sobre a paciente para os órgãos envolvidos com a investigação do caso.
 
“A administração do hospital entendeu que não houve nenhuma irregularidade por isso não foi aberta nenhuma sindicância. A paciente não tinha feito pré-natal e existem várias outras circunstâncias que podem ter provocado essa fatalidade”, disse o advogado do setor jurídico do hospital, Aluísio Cáceres.
 
Entenda o caso
 
Ruth, que estava grávida deu entrada no hospital no dia 12 de março. Ao ser atendida, foi informada que precisava ser encaminhada para a Capital. 
 
Uma médica que acompanharia a família na viagem realizou um exame mais complexo e disse ao pai que não sentia os batimentos cardíacos da criança, e que era protocolo ouvir os mesmos para saber se a criança estava viva ou não.
 
Diante da situação, segundo Elciney, a equipe médica foi atrás de um operador de ultrassom, mas sem sucesso. Eles precisaram aguardar até o dia seguinte, quando o profissional chegou e realizou e exame.
 
“Era tarde demais, ao fazerem os exames o coração do bebê já não batia mais e minha esposa precisou passar por uma cirurgia para a retirada da criança”, afirma.
Ruth chegou a ser transferida para o quarto, mas não resistiu e morreu. 
 
Ao pai, os médicos disseram que a mulher teve uma pré-eclâmpsia e não conseguiram salvá-la.
 
“Minha esposa e meu filho estariam vivos agora comigo aqui, se tivessem feito a ultrassom nela, naquele momento”, acredita.

Campanha Drogaria Aquidauana Institucional - 12
 
 

Veja também

Mais Lidas

1
Aquidauana

Símbolo das queimadas no Pantanal, onça pintada vira tatuagem que "encara" da pele de Rafa

2
Anastácio

Transexual assumida, Verônica viu o amor vencer ao ser chamada de neta

3
Geral

Em Aquidauana, motociclista foge de acidente sem prestar socorro à vítima

4
Geral

Confira quem pode se vacinar contra covid nesta semana em Aquidauana

Informe Publicitário

Informe

Carne Angus certificada é na Atlântico Supermercados

Previsão do Tempo

min18 max31

Aquidauana

Sol com algumas nuvens. Não chove.
min18 max31

Anastácio

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Níveis dos Rios Hoje

Aquidauana
2,05m
Miranda
1,88m
Paraguai
1,49m

Colunas e Blogs

Valdemir Gomes

Vou...

Maria de Lourdes Medeiros Bruno

AUTOESTIMA: FORTIFICÁ-LA!

Rosildo Barcellos

A Retomada de Corumbá

Ver Mais Colunas

Guia Cidade

Agências de Viagem e Operadoras

Viagens e Acampamentos

Marechal Mallet, 305 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 3697 www.cabanadopescador.com.br
Advocacia

Sortica & Santos Associados / Ary Sortica dos Santos Junior

Rua Augusto Mascarenhas, 506 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241-3122/3241-
Ag. Correios

Agencias dos Correios -Central

Manoel Antonio Paes de Barros, 620 Centro - 79200-000 Aquidauana/MS (67) 3241 6065
Ver Mais
2
Entre em nosso grupo