X

Jaqueline Ortiz em frente ao seu estúdio de beleza

Um vídeo produzido por uma manicure do município de Anastácio (MS) alcançou um grande número de visualizações nas redes sociais durante os últimos dias. São mais de 1 milhão de views em sua postagem no Instagram, após a publicação feita por ela, com a ajuda de uma amiga cliente, em sua área de trabalho na própria residência.

Jaqueline Ortiz em frente ao seu estúdio de belezaJaqueline Ortiz em frente ao seu estúdio de beleza, em Anastácio

Em entrevista ao O Pantaneiro, Jaqueline Ortiz, que há mais de 20 anos atua na área da beleza, conta que vem acompanhando as inovações das redes sociais e está sempre produzindo material em seu perfil do Instagram, pois isso é uma tendência do mercado, diz ela.

Já o vídeo que alcançou mais de um milhão de visualizações foi produzido com imagens captadas por uma cliente enquanto Jaqueline executava o seu trabalho e foi postado com um áudio que já estava disponível na rede social. Ela diz que quando ouviu o áudio pela primeira vez em uma ocasião anterior, se identificou muito com a mensagem e quis, de alguma forma, compartilhar com os seus seguidores. "Deu muito certo por isso. A mensagem é linda e reproduz certinho como me identifico com meu trabalho e toda minha trajetória", diz Jaqueline.

E para entendermos o motivo de tanta gratidão, basta conhecer um pouco da história de vida desta anastaciana, de 33 anos, que hoje é casada com Elton Ortiz e tem três filhos: Carlos Daniel, Ana Lívia e Abraão.

Apaixonada por sua profissão, ela diz que com apenas 5 anos já tinha decidido que iria trabalhar com embelezamento das mãos no futuro. Nesta idade ela morava com mais duas irmãs e o pai em Anastácio, mas disse que sofria por ele ficar muitos dias ausente de casa para poder trabalhar como pescador profissional no Pantanal. Sabendo da dificuldade do pai em poder sustentar os filhos, ela procurou sozinha uma funcionária de um abrigo da cidade e relatou que gostaria de morar lá, junto à irmã caçula, que ficava sob sua responsabilidade.

A partir dos 8 anos então, com o apoio do pais, Jaqueline e a irmã menor passaram a morar na SOME (Sociedade Missionária Ebenezer). Residiu lá por aproximadamente 5 anos. "Tenho lembranças maravilhosas daquele lugar. Fui acolhida e amada como nunca. Recebíamos, além de itens materiais, muito, muito afeto".
Nas datas comemorativas do fim do ano era muito comum que pessoas da sociedade visitassem o abrigo para fazer doações às crianças.

Me lembro da maioria das crianças pedirem de presente algum brinquedo: bola, boneca, patinete, etc. Mas eu não, sempre, sempre pedia esmaltes. Todos achavam estranho minha paixão por unhas, mas era a minha felicidade quando eu ganhava algo relacionado e quase ninguém entendia

Mas essa felicidade foi ainda maior quando, aos 11 anos, ela recebeu o presente dos sonhos em uma destas datas comemorativas, segundo ela. "Foi uma cesta enorme, com todos os produtos que uma manicure precisa para começar a trabalhar. Eu quase não acreditei e foi muito importante e inesquecível para mim". Além disso no presente ainda tinha uma aula com uma manicure profissional que me deu as primeiras instruções na área, lá na Some. E foi aí que começou a carreira fazendo unha das amigas e das funcionárias do abrigo, sempre em busca de adquirir experiência.

Com a carreira progredindo cada dia mais, Jaqueline fazia unhas nas casas de cliente e depois conseguiu montar o seu estúdio em sua casa. Em toda essa caminhada, porém, tentou por mais de 20 anos tentar encontrar as duas mulheres que lhe deram o tão sonhado presente da época da SOME. Ela só sabia o primeiro nome de uma delas e tinha uma foto, mas disse que ninguém a reconhecia. Foi então que ela postou a foto da mulher em um de seus vídeos no Instagram e tudo foi resolvido meia hora depois.

E assim um encontro foi marcado para acontecer alguns dias depois para que Jaqueline pudesse agradecer pessoalmente às duas mulheres que tanto a ajudaram. Rossana Fancelli e Tania Barilli aceitaram o pedido de Jaqueline para se encontrarem e muita emoção veio à tona. Teve até um bolo de laranja feito por Tania nas épocas da visita à Jaqueline ainda criança e que marcaram a memória afetiva da manicure para sempre. "Foi incrível", complementa ela.

Tania, Rossana e Jaqueline em um encontro 20 anos depois do dia em que deram o presente especial à manicureTania, Rossana e Jaqueline se após 20 anos da visita à SOME.

Para quem quiser conhecer um pouco mais sobre o trabalho, a Jaqueline atende em Anastácio e o contato pode ser feito pelo whats disponível no Instagram @jaquelinesortiz, ou (67) 99673-2360.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esporte

Atletas de 13 municípios brilham nas Paralimpíadas Escolares de MS

As Paraesc são a principal competição de esporte paralímpico em nível escolar no estado, funcionando como seletiva para a etapa nacional

Polícia

Funcionários são presos após furtar R$ 10 mil em produtos em Campo Grande

Suspeitos aproveitavam tanto do acesso ao sistema quanto do deposito para furtar joias, celulares e até vestimentas, itens alimentícios e de perfumaria

Voltar ao topo

Logo O Pantaneiro Rodapé

Rua XV de Agosto, 339 - Bairro Alto - Aquidauana/MS

©2024 O Pantaneiro. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

2
Entre em nosso grupo